ROBERTO SAVIANO É DESTAQUE DA FESTA LITERÁRIA INTERNACIONAL DE PARATY 2015

Programação principal foi divulgada nesta terça-feira e inclui o escritor cubano Leonardo Padura e o cartunista Riad Sattouf

SÃO PAULO – O jornalista italiano Roberto Saviano, o escritor cubano Leonardo Padura, o matemático brasileiro Artur Avila e o cartunista francês Riad Sattouf estão entre os convidados anunciados nesta terça-feira (12) para a edição deste ano da Festa Literária Internacional de Paraty (Flip), que se realiza de 1º a 5 de julho. Entre os nomes que já haviam sido confirmados na programação principal estão o irlandês Colm Tóibín, a israelense Ayelet Waldman, o britânico David Hare, o queniano Ngugiwa Thiong’o, os argentinos Diego Vecchio e Beatriz Sarlo, a portuguesa Matilde Campilho e os brasileiros Karina Buhr e Boris Fausto. Os ingressos começam a ser vendidos no dia 1º de junho.

 

Saviano, autor de “Gomorra” e “Zero Zero Zero”, sobre a relação das máfias italianas com as instituições do país, falará do seu trabalho como jornalista investigativo, que lhe valeu ameaças de morte e o obrigou a viver escondido sob proteção da polícia. Avila participará da mesa “Os homens que calculavam” com o também matemático russo-americano Edward Frankel para uma conversa sobre a rotina dos cientistas e a intimidade com os números. Ex-colaborador do jornal satírico francês “Charlie Hebdo”, Sattouf e o cartunista brasileiro Rafa Campos, do álbum “Deus, essa gostosa”, discutem na mesa “De balões e blasfêmias” como se travam as batalhas culturais e os limites do humor dentro do universo dos cartuns e publicações humorísticas.

 

Homenageando Mário de Andrade (1893-1945), a Flip 2015 reúne este ano em Paraty 39 autores brasileiros e estrangeiros para debater temas que vão desde a prosa e a poesia até políticas culturais e os rumos da sociedade brasileira, passando pela crítica, sexo e erotismo, ciência, família e vida afetiva, romance policial, política internacional, música e arquitetura. A 13ª edição da festa vai manter a gratuidade no show de abertura e nos telões externos. O jornalista e editor Paulo Werneck, que pelo segundo ano ficou responsável pela curadoria, disse que trazer Saviano (por questões de segurança) e Padura não foi uma tarefa fácil e as negociações se arrastaram por bastante tempo.

 

- Estou muito orgulhoso dessa programação. Tem autores para todos os perfis de leitores – diz o curador Paulo Werneck.

 

Mauro Munhoz, diretor presidente da Casa Azul, organização que promove a Flip, diz que a captação de patrocínio ainda não foi completada. E pode ser que termine com cerca de 15% a menos do valor total. Segundo Munhoz, dos R$ 7,5 milhões previstos para os cinco dias de festa só R$ 6,1 milhões foram captados. No ano passado, foram captados R$ 8,2 milhões.

 

- Estamos em um cenário bastante dramático e isso se reflete em todas as áreas. Captação acontece até o último momento. Estamos há 13 anos nesse processo. Trabalhamos com vários módulos, o que nos permite adaptar. De agora até o início da Flip, a expectativa é que terminemos com 15% a menos. Por outro lado, é um processo extremamente eficiente. Porque nos permite fazer mais com menos. É um princípio modernista, andradino.

 

Werneck acrescenta que, nesse contexto de crise, a programação tem obrigação de ser mais movimentada.

 

- A gente sabe que, em momentos de crise, a atividade cultural floresce. Não podemos esquecer que o próprio Mário de Andrade atuou em um contexto político muito difícil — disse o curador.

 

Na programação principal, a vida e obra de Mário de Andrade será dissecada em todos os âmbitos possíveis e a partir de vários pontos de vista por parte dos convidados. Hermínio Bello de Carvalho e o crítico José Ramos Tinhorão examinam o trabalho do homenageado no campo da música. A argentina Beatriz Sarlo e os brasileiros Eliane Robert Moraes e Eduardo Jardim mostram por que ele continua atual nos dias de hoje. O professor e músico José Miguel Wisnik volta ao tema da música no trabalho do intelectual paulista. E o jornalista Roberto Pompeu de Toledo e o professor Carlos Augusto Calil falam sobre a relação do patrono desta edição da Flip com a cidade de São Paulo.

 

PROGRAMAÇÃO COMPLETA

 

QUARTA, 1 DE JULHO

 

19h – Sessão de abertura: As margens de Mário

 

Beatriz Sarlo, Eliane Robert Moraes e Eduardo Jardim

 

QUINTA, 2 DE JULHO

 

10h – Mesa 1: A cidade e o território

 

Antônio Risério e Eucanaã Ferraz

 

12h – Mesa Zé Kleber: Falando alemão

 

Geovani Martins, Deocleciano Moura Faião e Katjusch Hœ

 

15h – Mesa 2: De micróbios e soldados

 

Diego Vecchio e Saša Stanišić

 

17h15 – Mesa 3: A poesia em 2015

 

Matilde Campilho e Mariano Marovatto

 

19h30 – Mesa 4: Encontro com Colm Tóibín

 

21h30 – Mesa 5: Do angu ao kaos

 

Jorge Mautner e Marcelino Freire

SEXTA, 3 DE JULHO

 

10h – Mesa 6: Encontro com Boris Fausto

 

12h – Mesa 7: São Paulo! Comoção de minha vida…

 

Roberto Pompeu de Toledo e Carlos Augusto Calil

 

15h – Mesa 8: As ilusões da mente

 

Eduardo Giannetti e Sidarta Ribeiro

 

17h15 – Mesa 9: Escrever ao Sul

 

Ngũgĩ wa Thiong’o e Richard Flanagan

 

19h30 – Mesa 10: Amar, verbo transitivo

 

Ana Luisa Escorel e Ayelet Waldman

 

21h30 – Mesa 11: Os Imoraes

 

Eliane Robert Moraes e Reinaldo Moraes

 

SÁBADO, 4 DE JULHO

 

10h – Mesa 12: Turistas aprendizes

 

Beatriz Sarlo e Alexandra Lucas Coelho

 

12h – Mesa 13: Encontro com David Hare

 

15h – Mesa 14: De balões e blasfêmias

 

Riad Sattouf e Rafa Rocha

 

17h15 – Mesa 15: Os homens que calculavam

 

Artur Avila e Edward Frenkel

 

19h30 – Mesa 16: Encontro com Roberto Saviano

 

21h30 – Mesa 17: Desperdiçando verso

 

Arnaldo Antunes e Karina Buhr

 

DOMINGO, 5 DE JULHO

 

10h – Mesa 18: Música, doce música

 

José Ramos Tinhorão e Hermínio Bello de Carvalho

 

12h – Mesa 19: De frente para o crime

 

Leonardo Padura e Sophie Hannah

 

14h – Mesa 20: Conferência de encerramento

 

José Miguel Wisnik

 

16h – Mesa 21: Livro de cabeceira

 

Fonte: O Globo

Categoria: Literatura e Filmes
Tags: , , , , , ,
Comentar

MÃE, AMOR SEMPRE PRESENTE

Vinte artistas plásticas da Associação Candanga de Artistas Visuais que homenageiam as mães em suas diversas situações do dia a dia na exposição “Mãe, amor sempre presente”.

 

 

Horário: segunda a sábado das 10h às 22h, domingos das 12h às 20h.

Informações:

Data – 08/05/2015 a 22/05/2015

Categoria:Artes Visuais

Endereço:Shopping Liberty Mall

Entrada:Entrada gratuita

 

Fonte: Correio Braziliense

Categoria: Cult
Tags: , , , , ,
Comentar

BRASILEIROS REVELAM COMO FUNCIONAM MÉTODOS PARA DESDOBRAR PROTEÍNAS

‘Origami da vida’ pode ajudar nas pesquisas para tratamentos de diversas doenças

RIO – Na tradicional arte japonesa do Origami, uma folha de papel é dobrada em locais e de maneiras específicas para criar formas variadas, como um tsuru (espécie de cegonha, o “pássaro da felicidade” no Japão). Com as proteínas, acontece algo similar. Compostas por dezenas a até milhares de átomos unidos em longas cadeias de aminoácidos, elas precisam se dobrar para assumir os formatos necessários a fim de cumprir suas diversas funções vitais em nossos organismos. E, também como no Origami, erros neste processo de dobradura prejudicam o trabalho e impedem que se chegue ao resultado final esperado. Mas, enquanto na arte japonesa basta jogar o papel no lixo e começar tudo de novo, em nossos corpos estas proteínas defeituosas podem se acumular, levando ao aparecimento de doenças como Alzheimer, Parkinson, Huntington e câncer.

 

 

E, como no papel do Origami, uma maneira de descobrir onde ocorreram essas falhas é desdobrar meticulosamente as proteínas. Atualmente, os cientistas usam dois métodos principais para isso, um físico e outro químico. No primeiro, as proteínas se abrem quando submetidas a altas pressões e/ou temperaturas, enquanto no segundo são desdobradas ao serem mergulhadas em ureia ou outros compostos. Não se sabia, porém, como exatamente estes métodos funcionam em nível molecular, nem os estágios intermediários de dobradura possíveis de alcançar com eles quando usados em separado e juntos. Mas, graças ao trabalho de dois pesquisadores brasileiros, este quadro agora está mais nítido.

 

Em artigo publicado na edição desta semana do periódico científico “Proceedings of the National Academy of Sciences” (PNAS), Jerson Lima Silva e Guilherme Augusto de Oliveira, do Instituto de Bioquímica Médica da UFRJ, mostram que o método físico de alta pressão “empurra” a água que envolve as proteínas para dentro da molécula, forçando-as a se abrir “de dentro para fora”, enquanto no químico a ureia substitui esta água e “puxa” as partes da proteína, também a abrindo, mas “de fora para dentro”. Além disso, eles demonstraram que, embora o resultado final de ambos os processos seja igual, com a proteína totalmente aberta, os estágios intermediários apresentados por cada um deles podem ser diferentes. Segundo Silva, as descobertas podem ajudar a melhorar os dois métodos quando usados isolados ou em conjunto, e assim revelar falhas em vários estágios intermediários de dobradura das proteínas que podem se tornar alvos mais fáceis para o tratamento e prevenção de pelo menos 50 doenças ligadas a problemas neste processo.

 

— Atacar a forma final de uma proteína já dobrada errado tem menos chances de dar certo, e nossas descobertas dão a oportunidade de descobrir estados intermediários que seriam alvos mais fáceis — diz Silva. — Nossas células, por exemplo, têm mecanismos naturais de controle de qualidade que podem ser cooptados para isso.

Fonte: O Globo

Categoria: Acontece
Tags: , , , , ,
Comentar

BALANÇA TEM SUPERÁVIT DE US$ 676 MILHÕES NA 2Š SEMANA DE MAIO

No acumulado de maio, foi registrado superávit de US$ 1,65 bilhão. Já na parcial do ano, ainda há déficit, no valor de US$ 3,41 bilhões.

As exportações superaram as compras do exterior em US$ 676 milhões na segunda semana de maio, resultando em superávit na balança comercial, informou nesta segunda-feira (18) o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC). Na primeira semana deste mês, o saldo positivo totalizou US$ 976 milhões, o maior valor semanal desde agosto do ano passado.

 

Com os bons resultados nas duas primeiras semanas de maio, a balança acumulou um superávit de US$ 1,65 bilhão na parcial deste mês, até este domingo (17). Em janeiro e fevereiro, houve déficit (importações maiores do que vendas externas) de, respectivamente, US$ 3,17 bilhões e US$ 2,84 bilhões. Em março e abril, o saldo ficou positivo em US$ 458 milhões e US$ 491 milhões. O saldo parcial de maio, portanto, é o maior do ano.

 

Exportações e importações

 

De acordo com o governo, as vendas ao exterior somaram US$ 8,7 bilhões na parcial deste mês, e, com isso, tiveram uma queda de 12% sobre maio de 2014. Nesta comparação, as recuaram as vendas de produtos básicos (-16,7%) e manufaturados (-8,4%), ao mesmo tempo em que as exportações de semimanufaturados avançaram 4,3%.

 

As importações, no entanto, tiveram queda maior, de 26,1% no acumulado de maio, frente ao mesmo período de 2014, para US$ 7,04 bilhões. Nessa comparação, recuaram os gastos, principalmente, com adubos e fertilizantes (-42%), combustíveis e lubrificantes (-41,2%), veículos automóveis e partes (-36,1%), siderúrgicos (-32,1%) e instrumentos de ótica/precisão (-27,8%).

 

Acumulado do ano

 

No acumulado deste ano até 17 de maio, ainda segundo dados oficiais, a balança comercial registrou déficit (importações maiores do que vendas externas) de US$ 3,41 bilhões. Apesar do saldo negativo, houve pequena melhora frente ao mesmo período do ano passado, quando o déficit das transações comerciais do Brasil somou US$ 5,34 bilhões.

 

Na parcial de 2015, as exportações somaram US$ 66,63 bilhões, com média diária de US$ 732 milhões (queda de 15,7% sobre o mesmo período do ano passado). As importações, por sua vez, somaram US$ 70,04 bilhões, ou US$ 769 milhões por dia útil, uma queda de 17,2% em relação ao mesmo período de 2014.

 

Resultado de 2014

 

Em 2014, a balança comercial brasileira teve déficit (importações maiores do que vendas externas) de US$ 3,93 bilhões, o pior resultado para um ano fechado desde 1998, quando houve saldo negativo de US$ 6,62 bilhões. Também foi o primeiro déficit comercial desde o ano 2000, quando as compras do exterior ficaram US$ 731 milhões acima das exportações.

 

De acordo com o governo, a piora do resultado comercial no ano passado aconteceu, principalmente, por conta da queda no preço das “commodities” (produtos básicos com cotação internacional, como minério de ferro, petróleo e alimentos, por exemplo); pela crise econômica na Argentina – país que é um dos principais compradores de produtos brasileiros – e pelos gastos do Brasil com importação de combustíveis.

 

Estimativas do mercado e do BC para 2015

 

A expectativa do mercado financeiro para este ano, segundo pesquisa realizada pelo Banco Central com mais de 100 instituições financeiras na semana passada, é de melhora do saldo comercial. A previsão dos analistas dos bancos é de um superávit de US$ 3 bilhões nas transações comerciais do país com o exterior.

 

Já o Banco Central prevê um superávit da balança comercial de US$ 4 bilhões para 2015, com exportações em US$ 210 bilhões e compras do exterior no valor de US$ 206 bilhões.

Fonte: G1

Categoria: Em pauta
Tags: , , , ,
Comentar

FÁBIO JR.- TURNÊ ÍNTIMO

Fábio JR. se apresenta em Brasília com a turnê “Íntimo”, com repertório de seu último álbum de estúdio de seu CD de 2011.

 

 

Horário: quinta, às 21h.

Informações:

Data – 22/05/2015 a 22/05/2015

Categoria: Música

Endereço: NET LIVE Brasília (SHTN Trecho 2, Conjunto 5, Bloco A)

Entrada: Mesas ouro (4 lugares): R$800 / (meia/promo) / Mesas prata (4 lugares): R$600 (meia/promo) / Pista (público em pé): R$60,00 (meia/promo)

 

Fonte: Correio Braziliense

Categoria: Fique de Olho
Tags: , , , , ,
Comentar

MERCADO ESPERA QUE A INFLAÇÃO ATINJA 8,31% EM 2015

Analistas e investidores do mercado financeiro voltaram a elevar a previsão de fechamento da inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) para 2015. A estimativa de alta, que estava em 8,29%, agora é 8,31%.

 

O IPCA, calculado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), verifica a variação de preços de um conjunto de produtos e serviços comercializados no varejo, referentes ao consumo pessoal das famílias, com rendimento de um a 40 salários mínimos, qualquer que seja a fonte de rendimentos. Desde junho de 1999, o IPCA é o índice utilizado pelo Banco Central (BC) para o acompanhamento dos objetivos estabelecidos no sistema de metas de inflação, sendo considerado o índice oficial de inflação do país.

 

O mercado ampliou ainda a previsão de elevação para os preços administrados, como o da energia e da gasolina, de 13,2% para 13,5%.

 

As informações estão no Boletim Focus, pesquisa semanal junto a instituições financeiras, divulgado nesta segunda-feira (18) pelo BC. Os analistas mantiveram inalterada a expectativa de queda do Produto Interno Bruto (PIB, soma dos bens e serviços produzidos no país), em -1,2%. A projeção de queda da produção industrial ampliou-se, de -2,5% para -2,8%.

 

A estimativa para o câmbio, ao fim de 2015, permaneceu em R$ 3,20. A previsão de fechamento da Selic, taxa básica de juros da economia, também permanece igual, em 13,5% ao ano. Atualmente, a Selic, instrumento do BC para controle da inflação, está em 13,25% ao ano.

 

A estimativa da dívida líquida do setor público ficou em 37,95% do PIB. A projeção do déficit em conta corrente, que mede a qualidade das contas externas, subiu de US$ 80 bilhões para US$ 82,4 bilhões. O saldo projetado para a balança comercial permanece positivo em US$ 3 bilhões. Os investimentos estrangeiros estimados subiram de US$ 59 bilhões para US$ 61 bilhões.

 

Fonte: Agência Brasil

Categoria: Em pauta
Tags: , , , ,
Comentar

O FRANCO-ATIRADOR

 

Depois de uma longa carreira como matador de aluguel, Martin Terrier (Sean Penn) pretende se aposentar e passar o resto da vida ao lado de sua amada. Mas quando ele descobre que está sendo traído por pessoas de sua confiança, Martin começa uma viagem por toda Europa para acertar as contas com cada homem que tentou trapaceá-lo.

 

Trailer:

 

Lançamento: 7 de maio de 2015 (1h57min)

Direção: Pierre Morel

Elenco: Sean Penn, Jasmine Trinca, Javier Bardem mais

Gênero: Ação

Não recomendado para menores de 16 anos

 

Fonte: AdoroCinema

Categoria: Literatura e Filmes
Tags: , , ,
1 Comentário

ARTES VISUAIS:CHÃO DE FLORES

09.05 a 29.06

 

HORÁRIO: de 9h às 21h

INGRESSO: Entrada franca

 

SAIBA MAIS

A mostra revela a arquitetura das moradias no entorno da capital federal, visando evidenciar, dessa forma, as cores e a criatividade dos moradores que usam como referêcias a sua terra natal e modismos dos materiais de construção ou reaproveitamento dos mesmos.

 

A seleção conta com 56 fotos que retratam a convivência da estética popular com o concreto e os traços modernos que constroem a cidade.

 

No dia 30 de maio haverá a projeção online de fotos e encontro de food trucks.

 

Paralelo à exposição, serão realizados workshops onde, Zuleika de Souza ensinará a fotografar arquitetura e ambientes com uso de aparelhos celulares.

 

>> Workshops de fotografia com celular

 

Dia 16 de maio, sábado – das 11h às 13h e das 15h às 17h

Dia 30 de maio, sábado –  das 15h às 17h

 

Classificação: 16 anos

Capacidade máxima: 30 pessoas

Inscrições gratuitas: oficina.chaodeflores@gmail.com

 

Fonte: CCBB DF

Categoria: Cult
Tags: , , , ,
Comentar
Termo de Uso de Conteúdo –

Nós permitimos e incentivamos a reprodução do conteúdo deste blog, desde que as condições determinadas abaixo sejam respeitadas.
Qualquer utilização que não respeite este Termo será considerada violação de propriedade intelectual e estará sujeita à todas as sanções legais.
Você pode copiar, distribuir e exibir o conteúdo, sob as seguintes condições:


Atribuição

Você deve dar crédito ao autor original sempre que o conteúdo possuir autoria. Veja o exemplo abaixo.
Por: (inserir o nome do autor)


Origem


A fonte deve ser citada da seguinte forma: Fonte: UDF.Blog (com o  link http://blog.udf.edu.br/)


Utilização do conteúdo


É vedada a criação de obras derivadas do conteúdo do UDF.Blog.
Você não pode alterar, transformar ou criar outra obra com base nesta.
Você não pode utilizar o conteúdo para finalidades comerciais ou publicitárias.


Política de Privacidade


Todas as informações fornecidas por você serão utilizadas para sua identificação.
Seus dados não serão vendidos ou compartilhados com terceiros sem sua prévia autorização.
Caso tenha solicitado, usaremos seus dados para mantê-lo informado sobre serviços, novidades e benefícios. Você sempre terá a opção de cancelar o recebimento de tais mensagens.


Condições gerais para os comentários


Buscando manter um relacionamento mais próximo e oferecer a possibilidade de participação dos usuários em nossos conteúdos, comentários são permitidos e bem-vindos em nosso blog.
Eles estão sujeitos a aprovação e serão publicados sempre que de acordo com as seguintes condições:

Os conteúdos dos comentários publicados são de responsabilidade dos usuários, não tendo nenhuma interferência ou opinião do UDF Centro Universitário.