O HISTÓRICO JULGAMENTO DO CASO MENSALÃO

O estudante de Ciência Política do (UDF), Jorge Mizael, escreveu para o Blog, um artigo onde expressa sua opinião sobre o julgamento do caso Mensalão que acontece amanhã (02).

 

Quem tiver interesse em participar e ter o material publicado em nosso Blog escreva um e-mail para o udf@udf.edu.br com seus dados e artigo em anexo.

 

O Supremo Tribunal Federal – STF deverá iniciar, nesta quinta-feira (2/08), a análise da Ação Penal (AP) 470 começada pela acusação da Procuradoria-Geral da República – PGR, após as denúncias que deram princípio ao escândalo do “Mensalão”. A AP 470 tem como relator o ministro Joaquim Barbosa e como revisor o ministro, Ricardo Lewandowski,  que avaliarão o processo contra os 38 réus acusados de práticas corruptivas durante o governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Dentre as acusações constam: corrupção ativa e passiva, evasão de divisas, formação de quadrilha, gestão fraudulenta, lavagem de dinheiro e peculato.

 

No relatório, o ministro Joaquim Barbosa apontou como operadores do núcleo central do esquema José Dirceu, então ministro da Casa Civil, e deputado federal José Genoino, ex-presidente do PT, Delúbio Soares, ex-tesoureiro do partido e Silvio Pereira, ex-secretário-geral. Todos foram denunciados por formação de quadrilha. Dirceu, Genoino e Delúbio respondem ainda por corrupção ativa. O relator apontou também que o núcleo publicitário-financeiro do suposto esquema era composto pelo empresário Marcos Valério e seus sócios (Ramon Cardoso, Cristiano Paz e Rogério Tolentino), além das funcionárias da agência SMP&B Simone Vasconcelos e Geiza Dias. Eles respondem por pelo menos três crimes: formação de quadrilha, corrupção ativa e lavagem de dinheiro.

 

O julgamento é visto por parte da mídia como o maior e mais importante da recente história brasileira, por ir de encontro com a cultura da impunidade na política. Porém é preciso observar, que do ponto de vista político, a divulgação da existência do “Mensalão” já produziu resultados, entre os quais a cassação dos deputados Roberto Jefferson (PTB) e José Dirceu (PT), em 2005, a realização do segundo turno entre Lula e Alckmin assim como a redução da bancada do PT na eleição de 2006.

 

Cabe ressaltar, a dificuldade de se prever o término do julgamento, devido à aposentadoria dos ministros Ayres Britto e Cezar Peluso a as várias ações protelatórias do cipoal processual. Outro elemento importante está no fato do STF, nos últimos 45 anos, ter condenado apenas um político e, ainda assim, não se tratava de uma sentença transitada em julgado.

 

Todavia, o que se pode esperar como desdobramento do julgamento, especialmente em função da pressão da opinião pública, são aperfeiçoamentos na legislação e nos mecanismos de controle que impeçam a repetição de situações como essas no futuro.

 

O resultado do julgamento também poderá impulsionar a votação dos vários projetos que aceleram a prestação jurisdicional, com mudanças nos códigos de processos, para, entre outras medidas, reduzir drasticamente os recursos, que levam à prescrição dos crimes praticados.

 

Entretanto, outro debate evidente, não é como o julgamento afeta o PT, a cultura política, e a condenação por crimes de corrupção, mas sim como e se poderá afetar o nome de Lula.

 

Assim, se o julgamento produzir algo de efetivo – mudanças legais, de comportamentos, para o aperfeiçoamento dos sistemas políticos e das instituições políticas – já terá marcado o seu espaço na história social e política do país. De certo modo, a sentença irá inaugurar um momento de conciliação e aumento do interesse social pela política ou descrédito e, consequentemente, o afastamento da política.

 

Jorge Mizael é aluno do 7º semestre de Ciência Política. Tem experiência na área de Pensamento Político Brasileiro, sendo aluno pesquisador da Linha de Pesquisa de Violência, Direitos Sociais e Humanos, do Centro Universitário do Distrito Federal (UDF).

Categoria: Retrato
Tags: , , , , , ,
5 Comentários

MIB HOMENS DE PRETO 3

Sinopse e detalhes

 

 

O terrível Boris, o Animal (Jemaine Clement) foi capturado no passado pelo agente K (Tommy Lee Jones) e na época perdeu o seu braço. Vivendo na prisão lunar de segurança máxima, o alienígena consegue bolar um plano de fuga para dar andamento ao seu objetivo de recuperar o membro de seu corpo e ainda acabar com K de uma vez por todas. Para isso, ele pretende viajar no tempo e mudar o rumo da história. Para evitar que ele triunfe em seu plano maligno, o agente J (Will Smith) também volta ao passado e lá encontrará os jovens agentes K (Josh Brolin) e O (Alice Eve), descobrindo segredos que mudarão sua vida e a amizade de ambos.

 

Assista o trailer

 

 

Direção: Barry Sonnenfeld

Elenco: Will Smith, Tommy Lee Jones, Josh Brolin mais

Gênero: Comédia , Ação, Ficção científica

Nacionalidade: EUA

Ano: 2012

 

Fonte: Adoro Cinema

Categoria: Literatura e Filmes
Tags: , , ,
Comentar

DISTRITO FEDERAL TERÁ 4 MILHÕES DE PESSOAS EM 2030

Aumento na população pode gerar desemprego

O Conselho Federal de Economia (Cofecon) divulgou ontem (31), dados de um estudo onde aponta que em 18 anos, a população do DF pode ultrapassar os 4 milhões de habitantes, caso haja um processo de industrialização que diversifique as atividades econômicas da capital. Porém, mesmo que não aconteça nenhuma alteração significativa na estrutura do mercado de Brasília, a previsão é que esse aumento caia para 3,5 milhões de moradores. Atualmente o DF tem cerca de 2,5 milhões de pessoas, segundo o último Censo.  Mas será que a Capital do país terá condições de receber essas pessoas, sem que o desemprego e o trânsito se tornem mais um problema?

 

 

O coordenador da pesquisa, economista Júlio Miragaya, explica que a dependência do setor público como motor de desenvolvimento da economia local se tornou uma alternativa inviável para a geração de empregos e a distribuição de renda a médio e a longo prazo. Na avaliação de Miragaya, para atender o crescimento populacional e suprir a demanda originada dos fluxos migratórios, será necessário implementar uma política de industrialização e criar infraestrutura urbana e energética para novas moradias e fábricas.

 

Fonte: Correio Web

Categoria: Acontece
Tags: , ,
Comentar

FUTEBOL

Brasil X Nova Zelândia

Agora pela manhã, a seleção brasileira entra em campo às 10h30, no Estádio St James’ Park, em Newcastle e enfrenta a Nova Zelândia pela última rodada do Grupo C dos Jogos Olímpicos de Londres. Na liderança da chave, com seis pontos e 100% de aproveitamento, o Brasil está classificado para as quartas de final e jogará pelo empate para ser o líder de sua chave no torneio.  Ganso será poupado nesse jogo por sentir dores na coxa.

 

 

Judô

Thiago Camilo avança para a semifinal

 

Apesar da vitória sofrida em sua terceira disputa nas Olimpíadas de Londres, o judoca brasileiro Tiago Camilo, venceu o uzbeque Dilshod Choriev e se classificou para a semifinal da competição. Thiago compete na categoria até 90kg do judô, e luta ainda hoje contra o coreano Dae –Nam Song, da Coreia do Sul, valendo a classificação para a disputa pela medalha de ouro.

 

 

Natação

Cesar Cielo garantiu ontem com o quinto melhor tempo: 48,17s, vaga para final dos 100m livre. A final será hoje às 16h20.

 

Thiago Pereira e Henrique Rodrigues avançam à semi dos 200m medley

 

Os dois representantes do Brasil nos 200m medley, também avançaram para à semi.  Thiago Pereira marcou o quinto melhor tempo, enquanto Henrique Rodrigues foi o décimo do geral na prova de hoje de manhã.

 

 

A semifinal será disputada hoje, a partir das 16h41. Para ir à final, os brasileiros precisam ficar entre os oito melhores.

 

VÔLEI MASCULINO

Brasil jogou bem e fechou a partida em três sets, com parciais de 25/21, 25/23 e 25/21.

 

 

A Seleção Brasileira Masculina de Vôlei não perdeu um set sequer nos Jogos Olímpicos. Após a vitória por 3 a 0 sobre a Tunísia, os comandados de Bernardinho repetiram o placar diante da Rússia, sem muitas dificuldades.  O resultado leva o Brasil à liderança do grupo B da competição, ao lado dos Estados Unidos.

 

Fonte: Correio Web

Categoria: Em pauta
Tags: , , , , , , , ,
Comentar
Termo de Uso de Conteúdo –

Nós permitimos e incentivamos a reprodução do conteúdo deste blog, desde que as condições determinadas abaixo sejam respeitadas.
Qualquer utilização que não respeite este Termo será considerada violação de propriedade intelectual e estará sujeita à todas as sanções legais.
Você pode copiar, distribuir e exibir o conteúdo, sob as seguintes condições:


Atribuição

Você deve dar crédito ao autor original sempre que o conteúdo possuir autoria. Veja o exemplo abaixo.
Por: (inserir o nome do autor)


Origem


A fonte deve ser citada da seguinte forma: Fonte: UDF.Blog (com o  link http://blog.udf.edu.br/)


Utilização do conteúdo


É vedada a criação de obras derivadas do conteúdo do UDF.Blog.
Você não pode alterar, transformar ou criar outra obra com base nesta.
Você não pode utilizar o conteúdo para finalidades comerciais ou publicitárias.


Política de Privacidade


Todas as informações fornecidas por você serão utilizadas para sua identificação.
Seus dados não serão vendidos ou compartilhados com terceiros sem sua prévia autorização.
Caso tenha solicitado, usaremos seus dados para mantê-lo informado sobre serviços, novidades e benefícios. Você sempre terá a opção de cancelar o recebimento de tais mensagens.


Condições gerais para os comentários


Buscando manter um relacionamento mais próximo e oferecer a possibilidade de participação dos usuários em nossos conteúdos, comentários são permitidos e bem-vindos em nosso blog.
Eles estão sujeitos a aprovação e serão publicados sempre que de acordo com as seguintes condições:

Os conteúdos dos comentários publicados são de responsabilidade dos usuários, não tendo nenhuma interferência ou opinião do UDF Centro Universitário.