574

GAME DE CELULAR FAZ DOIS JOGADORES “DANÇAREM”

Jogos de smartphones foram feitos para passar o tempo, sozinho, no ônibus ou na sala de espera do dentista… certo? Não para um estúdio independente da cidade de Utrecht, na Holanda. A Game Oven criou nos últimos anos games que convidam jogadores a dividirem a mesma tela, seja para quebrar o gelo entre desconhecidos, paquerar ou até mesmo para aprender passos de dança.

 

‘Bounden’ acabam dançando (Foto: Divulgação/
Game Oven)

 

O mais recente deles é “Bounden”, disponível para Android (R$ 11) e iOS (US$ 3), que exige que duas pessoas segurem o smartphone (ou tablet) ao mesmo tempo e guiem um alvo por dentro de anéis. A graça é que, para conseguir isso, os jogadores precisam girar os braços e o corpo sem largar o aparelho. A princípio a situação causa desconforto, mas faz com que os dois dancem e reproduzam movimentos coreografados em parceria com o Balé Nacional Holandês.

 

“Exploramos emoções que são incomuns em jogos, como o flerte ou a sensação de estar desajeitado”, afirma Eline Mujires, produtora da Game Oven, ao G1. Ela diz que a ideia de “Bounden” surgiu a partir de outro jogo da empresa, “Friendstrap”, onde os jogadores tinham de fazer movimentos estranhos para deixar o outro em posição desconfortável. “Esse comportamento nos inspirou a usar a rotação do telefone para tentar guiar as pessoas por sequências de movimentos”, conta Eline.

 

Para isso, a empresa convocou um especialista em dança para tornar os movimentos mais “elegantes”. “O coreógrafo Ernst Meisner, do Balé Nacional Holandês, trabalhou próximo de nós. Ele teve de suportar o constrangimento de um telefone guiar sua coreografia e nós tínhamos de ter certeza que seus passos se encaixariam ao jogo. Esse processo de criação foi muito lúdico”.

 

 

Na opinião de Eline, como “Bounden” exige que as pessoas deixem a vergonha de lado e se toquem, “ele se encaixa na categoria de games que quebram o gelo”. A produtora conta o caso de “Fingle”, outro jogo da Game Oven – este sim – desenhado para o flerte, e de suas “recompensas”. “Um cara nos contou que ‘Fingle’ fez ele levar alguém pra cama. Esse deve ser o maior elogio que um game designer pode receber”, brinca. Sobre projetos futuros, ela diz que a empresa tem “alguns protótipos”, e que “um deles envolve usar a sua língua”.

 

Fonte: G1

Categoria: Fique de Olho
Tags: , , , ,
Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Termo de Uso de Conteúdo –

Nós permitimos e incentivamos a reprodução do conteúdo deste blog, desde que as condições determinadas abaixo sejam respeitadas.
Qualquer utilização que não respeite este Termo será considerada violação de propriedade intelectual e estará sujeita à todas as sanções legais.
Você pode copiar, distribuir e exibir o conteúdo, sob as seguintes condições:


Atribuição

Você deve dar crédito ao autor original sempre que o conteúdo possuir autoria. Veja o exemplo abaixo.
Por: (inserir o nome do autor)


Origem


A fonte deve ser citada da seguinte forma: Fonte: UDF.Blog (com o  link http://blog.udf.edu.br/)


Utilização do conteúdo


É vedada a criação de obras derivadas do conteúdo do UDF.Blog.
Você não pode alterar, transformar ou criar outra obra com base nesta.
Você não pode utilizar o conteúdo para finalidades comerciais ou publicitárias.


Política de Privacidade


Todas as informações fornecidas por você serão utilizadas para sua identificação.
Seus dados não serão vendidos ou compartilhados com terceiros sem sua prévia autorização.
Caso tenha solicitado, usaremos seus dados para mantê-lo informado sobre serviços, novidades e benefícios. Você sempre terá a opção de cancelar o recebimento de tais mensagens.


Condições gerais para os comentários


Buscando manter um relacionamento mais próximo e oferecer a possibilidade de participação dos usuários em nossos conteúdos, comentários são permitidos e bem-vindos em nosso blog.
Eles estão sujeitos a aprovação e serão publicados sempre que de acordo com as seguintes condições:

Os conteúdos dos comentários publicados são de responsabilidade dos usuários, não tendo nenhuma interferência ou opinião do UDF Centro Universitário.