617

QUER LARGAR O TABAGISMO E APRENDER COMO PARAR DE FUMAR?

Sem força de vontade, sem ansiedade, sem saudades e sem arrependimento.

Se você está precisando de alguns motivos para deixar o cigarro, esse artigo poderá ajudar.

Um dos maiores medos que atingem os fumantes e pode influenciar a decisão de largar o cigarro é o medo de engordar, algo que realmente pode acontecer. Existem alguns motivos que podem fazer com que a pessoa ganhe alguns quilos após parar de fumar, mas ao saber as “armadilhas” que causam este problema, é possível evitá-lo.

 

Você pode eliminar todos os riscos de saúde que o cigarro causa e ainda se manter em forma, com a aparência que deseja e ainda livre desse vício terrível.

São nossas atitudes que definem como nossa vida será. Isso vale para qualquer atitude, mas é mais verdade para os hábitos que são, por definição própria, a repetição de mesmos atos com frequência.

Portanto, quem fuma faz uma escolha onde recebe muito pouco (quase nada) em troca de diversos problemas, principalmente para a saúde. Existem riscos comuns e perigosos que os fumantes assumem quando se decide por ter o cigarro como um companheiro constante no dia a dia.

Estima-se que cerca de 70% de todas as pessoas que fumam, desejam parar com este vício terrível, mas mesmo com essa vontade não conseguem tamanha é a dependência que o tabaco causa. No entanto, muito dessa dependência vai além das substâncias presentes no produto como a nicotina.

O hábito de fumar por vezes é o que mais dificulta a pessoa a conseguir vencer a batalha contra o cigarro, e o círculo social de amizades pode contribuir para isso também.

Os efeitos do cigarro no corpo são tantos que muita gente acaba se acostumando até mesmo com a perda de alguns sentidos e muitas vezes isso nem é percebido devido ao vício, mas causa uma grande queda de qualidade de vida, além dos grandes riscos para a saúde.

Assim, as melhorias que acontecem ao organismo após a pessoa parar de fumar são significativas e trazem mais felicidade para o ex-fumante.

 

Há aquela máxima “Contra fatos não há argumentos”.

 

Veja abaixo alguns fatos que certamente farão com que você reflita sobre o cigarro e deseja que esse produto terrível esteja muito longe de seu dia a dia e da rotina das pessoas importantes em sua vida. A fumaça do cigarro contém mais de 7.000 substâncias químicas, das quais 69 são conhecidas por causar câncer.

Tabagismo é diretamente responsável por aproximadamente 90% das mortes por câncer de pulmão e de 80% a 90% de causar enfisema e bronquite crônica. Para cada pessoa que morre por causa do cigarro, há mais vinte que sofrem de pelo menos uma doença grave associada ao fumo regular.

A lista de problemas de saúde causados pelo tabagismo inclui a bronquite crônica, enfisema pulmonar, acidente vascular cerebral, leucemia mielóide aguda, catarata, pneumonia, lesões no esôfago, na laringe, no pulmão, câncer na boca, na garganta, no colo do útero, no rim, no estômago e no pâncreas.

Fumar pode também ter outros tipos de efeitos que prejudicam o corpo como a cicatrização retardada de feridas e até mesmo a infertilidade, tanto no homem quanto na mulher. Os fumantes morrem significativamente mais cedo do que os nãos fumantes de 13,2 anos para os homens e 14,5 anos para as mulheres.

Os pais que fumam podem ser responsáveis por efeitos adversos em seus filhos, culminando invariavelmente no desenvolvimento da asma, aumento da frequência de resfriados, infecções de ouvido e até mesmo a síndrome da morte súbita infantil.

Os efeitos maléficos do cigarro para a saúde são bastante conhecidos, por isso tanta gente quer eliminar este hábito terrível de suas vidas. Mesmo assim, o índice pessoas que conseguem parar de fumar de verdade ainda é bem pequeno.

 

Acesse https://harmonianatureza.com.br/para-de-fumar/ para descobrir como largar o cigarro de forma natural e ainda não sentir mais vontade de fumar de novo!

 

Autor: Claudio Gomes

Categoria: Em pauta, UDF pra você
Tags: , , ,
Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Termo de Uso de Conteúdo –

Nós permitimos e incentivamos a reprodução do conteúdo deste blog, desde que as condições determinadas abaixo sejam respeitadas.
Qualquer utilização que não respeite este Termo será considerada violação de propriedade intelectual e estará sujeita à todas as sanções legais.
Você pode copiar, distribuir e exibir o conteúdo, sob as seguintes condições:


Atribuição

Você deve dar crédito ao autor original sempre que o conteúdo possuir autoria. Veja o exemplo abaixo.
Por: (inserir o nome do autor)


Origem


A fonte deve ser citada da seguinte forma: Fonte: UDF.Blog (com o  link http://blog.udf.edu.br/)


Utilização do conteúdo


É vedada a criação de obras derivadas do conteúdo do UDF.Blog.
Você não pode alterar, transformar ou criar outra obra com base nesta.
Você não pode utilizar o conteúdo para finalidades comerciais ou publicitárias.


Política de Privacidade


Todas as informações fornecidas por você serão utilizadas para sua identificação.
Seus dados não serão vendidos ou compartilhados com terceiros sem sua prévia autorização.
Caso tenha solicitado, usaremos seus dados para mantê-lo informado sobre serviços, novidades e benefícios. Você sempre terá a opção de cancelar o recebimento de tais mensagens.


Condições gerais para os comentários


Buscando manter um relacionamento mais próximo e oferecer a possibilidade de participação dos usuários em nossos conteúdos, comentários são permitidos e bem-vindos em nosso blog.
Eles estão sujeitos a aprovação e serão publicados sempre que de acordo com as seguintes condições:

Os conteúdos dos comentários publicados são de responsabilidade dos usuários, não tendo nenhuma interferência ou opinião do UDF Centro Universitário.