BATMAN VS SUPERMAN – A ORIGEM DA JUSTIÇA

O confronto entre Superman (Henry Cavill) e Zod (Michael Shannon) em Metrópolis fez com que a população mundial se dividisse acerca da existência de extra-terrestres na Terra. Enquanto muitos consideram o Superman como um novo deus, há aqueles que consideram extremamente perigoso que haja um ser tão poderoso sem qualquer tipo de controle. Bruce Wayne (Ben Affleck) é um dos que acreditam nesta segunda hipótese. Sob o manto de um Batman violento e obcecado, ele investiga o laboratório de Lex Luthor (Jesse Eisenberg), que descobriu uma pedra verde que consegue eliminar e enfraquecer os filhos de Krypton.

 

Trailer:

Lançamento: 24 de março de 2016 (2h33min)

Direção: Zack Snyder

Elenco: Ben Affleck, Henry Cavill, Jesse Eisenberg mais

Gênero: Ação , Fantasia

Nacionalidade: EUA

 

Fonte: Adoro Cinema

Categoria: Literatura e Filmes
Tags: , , , , , ,
2 Comentários

“ARGO” LEVA OSCAR DE MELHOR FILME E “PI” LIDERA COM QUATRO ESTATUETAS

Daniel Day-Lewis e Jennifer Lawrence venceram como ator e atriz.

“Argo” venceu na noite deste domingo (24) a estatueta de melhor filme. O longa de Ben Affleck – que sequer havia sido nomeado como diretor – faturou em outras categorias importantes: roteiro adaptado e edição.

 

Ao lado da equipe de ‘Argo’, Ben Affleck agradece o Oscar de melhor filme (Foto: AFP PHOTO/Robyn Beck)

 

Maior concorrente da noite, com 12 nomeações, “Lincoln” faturou em design de produção e melhor ator, para Daniel Day-Lewis, que quebrou um recorde da cerimônia da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood. Jennifer Lawrence (“O lado bom da vida”) ficou com a distinção de melhor atriz.

 

Steven Spielberg viu seu filme perder em 10 categorias e o Oscar de melhor diretor ir para Ang Lee, por “As aventuras de Pi”. Ao todo, a superprodução rendeu quatro estatuetas.

 

A primeira estatueta da noite foi a de melhor ator coadjuvante, para o ator austríaco Christoph Waltz, por seu trabalho em “Django livre”, de Quentin Tarantino. O diretor mais tarde dirigiu-se ao palco para receber o prêmio de melhor roteiro original.

 

Foi a segunda vitória de Tarantino da categoria – a anterior ele conseguiu por “Pulp Fiction – Tempo de violência” (1994). Por coincidência, Waltz também tinha levado seu segundo Oscar. Ele foi eleito o melhor coadjuvante justamente por uma parceria com Tarantino, “Bastardos inglórios” (2009).

 

Já a vencedora na categoria melhor atriz coadjuvante em 2013 foi Anne Hathaway, por “Os miseráveis”. O filme já conseguiu outras duas distinções, nas categorias maquiagem e cabelo e mixagem de som. Foi numa categoria técnica, aliás, que o Oscar registrou em 2013 o sexto empate de sua história: “A hora mais escura” e “007 – Operação Skyfall” dividiram a estatueta de edição de som.

 

Conterrâneo de Christoph Waltz, o cineasta Michael Haneke foi ao palco para receber o prêmio de produção estrangeira, por “Amor”, que ainda concorre nas categorias melhor filme e diretor.

 

O anfitrião da 85ª edição do Oscar foi o controverso Seth MacFarlane, conhecido por ser o diretor de “Ted” e por ser o criador da animação “Uma família da pesada”. Além de responder pela condução da cerimônia, MacFarlane aparecia como concorrente, já que disputou na categoria melhor canção original, justamente pela música de “Ted”. A vitória, contudo, ficou com Adele, por “Skyfall”, tema do novo longa de James Bond.

 

Íntegra:  G1

Categoria: Em pauta
Tags: , , , , ,
Comentar
Termo de Uso de Conteúdo –

Nós permitimos e incentivamos a reprodução do conteúdo deste blog, desde que as condições determinadas abaixo sejam respeitadas.
Qualquer utilização que não respeite este Termo será considerada violação de propriedade intelectual e estará sujeita à todas as sanções legais.
Você pode copiar, distribuir e exibir o conteúdo, sob as seguintes condições:


Atribuição

Você deve dar crédito ao autor original sempre que o conteúdo possuir autoria. Veja o exemplo abaixo.
Por: (inserir o nome do autor)


Origem


A fonte deve ser citada da seguinte forma: Fonte: UDF.Blog (com o  link http://blog.udf.edu.br/)


Utilização do conteúdo


É vedada a criação de obras derivadas do conteúdo do UDF.Blog.
Você não pode alterar, transformar ou criar outra obra com base nesta.
Você não pode utilizar o conteúdo para finalidades comerciais ou publicitárias.


Política de Privacidade


Todas as informações fornecidas por você serão utilizadas para sua identificação.
Seus dados não serão vendidos ou compartilhados com terceiros sem sua prévia autorização.
Caso tenha solicitado, usaremos seus dados para mantê-lo informado sobre serviços, novidades e benefícios. Você sempre terá a opção de cancelar o recebimento de tais mensagens.


Condições gerais para os comentários


Buscando manter um relacionamento mais próximo e oferecer a possibilidade de participação dos usuários em nossos conteúdos, comentários são permitidos e bem-vindos em nosso blog.
Eles estão sujeitos a aprovação e serão publicados sempre que de acordo com as seguintes condições:

Os conteúdos dos comentários publicados são de responsabilidade dos usuários, não tendo nenhuma interferência ou opinião do UDF Centro Universitário.