PRAZO PARA RECADASTRAMENTO TERMINA DIA 31; AINDA FALTAM 285 MIL ELEITORES

Aqueles que não comparecerem até o fim do período terá o título cancelado

Falta uma semana para o fim do recadastramento biométrico no Distrito Federal e quase 285 mil pessoas ainda não fizeram a mudança. Para atender a demanda, a Justiça Eleitoral estendeu o horário de funcionamento, e os postos ficaram abertos sábado e domingo, das 8h às 14h. Nesse período, 6,8 mil pessoas renovaram o título de eleitor. O prazo para a regularização é até 31 de março e haverá plantão no próximo fim de semana. De segunda a terça-feira, o horário é das 8h às 18h. Desde o início do mês não é necessário agendamento prévio. Até ontem, 1,7 milhão de eleitores fizeram o procedimento.

 

 

“O eleitor que não comparecer até o fim do período terá o título cancelado. Depois, ele poderá tentar regularizar a situação até por volta de 7 de maio para conseguir votar nessas eleições, mas com certeza terá dificuldade. Ele terá de esperar abrir um novo período, provavelmente em dezembro, para colocar tudo em dia e pagar a multa, cerca de R$ 4 por pleito (se tiver segundo turno, ele paga uma penalidade por cada um), e não terá o direito de justificar. Por isso, nesse meio tempo, o eleitor que não fizer o recadastramento não poderá tirar passaporte, assumir cargo público e, em alguns casos, como os servidores públicos, poderá ter o salário suspenso”, explicou o diretor-geral em exercício do Tribunal Regional Eleitoral do DF (TRE-DF), Juliano Castelo.

 

 
Apesar da proximidade do fim do prazo, nos últimos dias de recadastramento, os postos permanecem vazios. Nesse fim de semana, quem decidiu regularizar o título não encontrou dificuldades. O comerciante Lindolfo Zacarias da Cunha, 68 anos, morador da Asa Sul, deixou para a última hora porque não teve como agendar. “Tentei fazer antes, mas como tinha de marcar, desisti. Mas valeu a pena. Foi bem rápido”, conta. O servidor público Francisco Guerra, 72 anos, também morador da Asa Sul, fez o recadastramento ontem. “Estava viajando e não consegui resolver a situação antes. Aproveitei o plantão. Pesquisei sobre o que deveria levar e realizei o procedimento em dois minutos”, lembrou.

 

Fonte: Correio Braziliense

 

Categoria: Acontece
Tags: , , , , , , , , ,
Comentar

MINISTRO DIZ QUE CADASTRAMENTO BIOMÉTRICO IMPEDIRÁ FRAUDES ELEITORAIS

TSE alerta que ainda não dispõe de estrutura para evitar ocorrências como o crime de Pizzolato, que usou documentos do irmão para votar. Corte destaca o papel da biometria contra irregularidades. Sistema deve estar implementado em todo o país em 2018

Presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Marco Aurélio Mello

A inexistência de punições severas no país para o uso de títulos eleitorais por terceiros favorece a prática de crimes como o cometido pelo ex-diretor de Marketing do Brasil Henrique Pizzolato, que, nas eleições de 2008, votou em nome de um irmão que morreu há 36 anos. Foi o próprio condenado no julgamento do mensalão quem providenciou os documentos, passando-se por Celso Pizzolato, para fugir do Brasil em direção à Itália. O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Marco Aurélio Mello, admite que a Justiça Eleitoral ainda não dispõe de mecanismos suficientes para evitar fraudes como a cometida por Pizzolato. Ele alerta, porém, que o cadastro biométrico, com a tecnologia desenvolvida pelo TSE, impedirá, dentro de alguns anos, a prática de crimes de falsa identidade.

 
Saiba mais…

 

De acordo com números do TSE, cerca de 22 milhões de eleitores serão identificados pelas impressões digitais nas eleições de 2014. Após a atual etapa de cadastro biométrico, 15% do eleitorado geral do país terá de usar o equipamento de verificação da identidade no momento do voto, no pleito de outubro. Sergipe e Alagoas são os estados que têm a quase totalidade de eleitores cobertos pela biometria. Ao fim de 2014, a expectativa é de que o mesmo ocorra em relação ao Distrito Federal e ao Amapá — quem não fizer o recadastramento ficará impedido de ir às urnas.

 

 

Os dados e as digitais de um universo de 22 milhões de eleitores identificados biometricamente estarão ao alcance da Justiça Eleitoral nas eleições deste ano, o que evitará fraudes com essa parcela de 15% dos eleitores. No entanto, na maioria dos estados, haverá o risco de uma pessoa se passar pela outra. De acordo com o ministro Marco Aurélio, a expectativa é de que o processo de biometria, iniciado em 2008, atinja 100% dos eleitores do país nas eleições 2018. “A solução para evitar crimes como este (do Pizzolato) é prosseguirmos com a biometria”, frisou o ministro.

 

 

Íntegra: Correioweb

Categoria: Em pauta
Tags: , , , , , , ,
Comentar

TRE MANTÉM ATÉ SEXTA ÔNIBUS PARA RECADASTRAMENTO BIOMÉTRICO NO DF

Prazo para regularizar situação junto à Justiça Eleitoral termina em março. Veículo atende entre 9h e 17h no estacionamento das Palmeiras.

O Tribunal Regional Eleitoral decidiu prorrogar o prazo para estadia do ônibus que oferece recadastramento biométrico aos eleitores que passarem pela Esplanada dos Ministérios. Ele vai ficar instalado nas proximidades do estacionamento das Palmeiras, atrás do Congresso Nacional, entre 9h e 17h, até 7 de fevereiro.

 

 

Para serem atendidos, os eleitores devem comparecer com um documento oficial de identificação e um comprovante de residência. A capacidade de atendimento, diária, é de cerca de 200 pessoas.

 

 

De acordo com o TRE, 75,5% dos 1,8 milhão de eleitores do DF já se recadastraram. O prazo para atualização junto ao tribunal é 31 de março deste ano.

 

Íntegra: G1

 

Categoria: Em pauta
Tags: , , , , , , , ,
Comentar
Termo de Uso de Conteúdo –

Nós permitimos e incentivamos a reprodução do conteúdo deste blog, desde que as condições determinadas abaixo sejam respeitadas.
Qualquer utilização que não respeite este Termo será considerada violação de propriedade intelectual e estará sujeita à todas as sanções legais.
Você pode copiar, distribuir e exibir o conteúdo, sob as seguintes condições:


Atribuição

Você deve dar crédito ao autor original sempre que o conteúdo possuir autoria. Veja o exemplo abaixo.
Por: (inserir o nome do autor)


Origem


A fonte deve ser citada da seguinte forma: Fonte: UDF.Blog (com o  link http://blog.udf.edu.br/)


Utilização do conteúdo


É vedada a criação de obras derivadas do conteúdo do UDF.Blog.
Você não pode alterar, transformar ou criar outra obra com base nesta.
Você não pode utilizar o conteúdo para finalidades comerciais ou publicitárias.


Política de Privacidade


Todas as informações fornecidas por você serão utilizadas para sua identificação.
Seus dados não serão vendidos ou compartilhados com terceiros sem sua prévia autorização.
Caso tenha solicitado, usaremos seus dados para mantê-lo informado sobre serviços, novidades e benefícios. Você sempre terá a opção de cancelar o recebimento de tais mensagens.


Condições gerais para os comentários


Buscando manter um relacionamento mais próximo e oferecer a possibilidade de participação dos usuários em nossos conteúdos, comentários são permitidos e bem-vindos em nosso blog.
Eles estão sujeitos a aprovação e serão publicados sempre que de acordo com as seguintes condições:

Os conteúdos dos comentários publicados são de responsabilidade dos usuários, não tendo nenhuma interferência ou opinião do UDF Centro Universitário.