1š BIERFEST BRASÍLIA

Entre os dias ​4 e 6 de setembro, no Arena Lounge do Estádio Nacional Mané Garrincha​, acontece ​o Bierfest Brasília 2015 – o maior evento do mercado cervejeiro da Região Centro-Oeste​.

 

 

​O público vai contar, além de 50 estandes servindo mais de 200 rótulos de cervejas especiais, com shows das bandas Scalene, Sargento Pimenta, O Bardo e o Banjo, Os Dinamites, Passo Largo, MegaJamgo, e Lady Laura com a participação de George Israel (compositor, saxofonista e violonista do Kid Abelha desde a sua formação em 1985, que mantém carreira solo paralelamente desde 2004). Além disso, a Rádio Cerrado convidará Homem da Marreta com DJ Thiago Freitas e DJ Maraskin, DJs Weird Rockers e DJ Obi Wan Ca.

 

A Acerva Candanga (Associação dos Cervejeiros Artesanais do Distrito Federal), em parceria com o Bierfest Brasília, levará cinco integrantes da associação para ensinar ao público, na prática, sobre o processo de produção da cerveja caseira, nos dias 5 e 6 de setembro, a partir das 14 horas. Sem custo adicional.

 

De acordo com Zeca Reino, presidente da Acerva Candanga, o processo consiste em seis passos: moagem, mosturação, clarificação, fervura, resfriamento e fermentação. A explicação será feita com o auxílio de banners e equipamentos de produção.

 

Programação:

4/09 – Sexta-feira (18h às 00h)

- Sargento Pimenta

- O Bardo e o Banjo

- DJs da Rádio Cerrado

 

5/09 – Sábado (12h às 23h)

- Os Dinamites

- Passo Largo

- MegaJamgo

- DJs da Rádio Cerrado

 

P​alestras pagas:​

- “Harmonização na Prática” com o Chef Ronaldo Rossi (com degustação)

 

P​alestras gratuitas​:

-“Interferência da Madeira na Guarda da Cerveja” com César Adames (especialista de tabaco e destilados)

-“Perspectiva Futura da Cerveja no Brasil” com Jorge Gitzler (presidente da Abracerva – Associação Brasileira de Cerveja Artesanal) e Alberto Nascimento (Cervejaria Colombina)

-“Escolas Cervejeiras” com Daniel Wolff (Mestre-Cervejeiro.com)

 

6/09 – Domingo (12h a 00h)

- Lady Laura com participação especial de George Israel (Kid Abelha)

- Scalene

- DJs da Rádio Cerrado

 

P​alestras pagas::

- “Harmonização na Prática” com o Chef Ronaldo Rossi (com Degustação)

 

P​alestras gratuitas​:

-“Cervejas com Ingredientes do Cerrado” com Marcelo Scavone e Alberto Nascimento (Cervejaria Colombina)

-“Cervejarias Ciganas” com Alexandre Xerxenevisky (Microcervejaria X) e Murilo Foltran (Cervejaria DUM)

 

Marcas de cervejas confirmadas:

- Cervejaria Prost Bier

- Cerpa

- Cervejaria Dum

- Bierland

- Cervejaria Nacional

- Seasons

- Cervejaria Noi

- Fuller’s

- Cervejaria Serra das Três Pontas

- Cervejaria Anner

- 961 Beer

- Cervejaria Coruja

- Colombina

- Microcervejaria X

- Cervejaria Magma

- Cuesta

- Tupiniquim

- Way

- Brooklyn

- Cervejaria Colorado

- Cervejaria Schornstein

- velhas Virgens

- Bodebrown

- Haros Chopp

- Astúria

- Entre outras

 

​Tipos de cervejas presentes no evento:​

- Pilsen

- Munich Helles

- Weiss

- India Pale Ale

- American Pale Ale

- Sour

- Blonde Ale

- Porter

- Entre outras

 

​Dica:

1º Bierfest Brasília

De 4 a 6 de setembro​. S​exta, das 18 às 00h; sábado, das 12h às 23h; e domingo, das 12h às 23h

​Local: Arena Lounge do Estádio Nacional de Brasília – Mané Garrincha

​Ingressos:

Passaporte (3 dias): ​R$ 80 (meia)

​Para um dia de evento​: R$ 30 (meia).

​Obs: ​O ingresso dá direito a uma caneca para consumo, que será distribuída no dia do evento (limitado a 15 mil unidades).

​Pontos de vendas: ​site www.ingressorapido.com.br ou nos pontos de vendas do Ingresso rápido, instalados no Brasília Shopping e na FNAC (Park Shopping)

Classificação Indicativa: 18 anos

​Mais informações: 3033-8879 / www.bierfestbrasilia.com.br

 

Fonte: Dicas da Capital

Categoria: Fique de Olho
Tags: , , , ,
Comentar

BRASÍLIA UTOPIA LÍRICA

A exposição apresenta o projeto do fotógrafo Vicente de Mello, com imagens que apresentam uma visão particular do fotógrafo sobre a arquitetura e o urbanismo da cidade, uma leitura subjetiva e atemporal da geometria da Capital Federal.

 

Serão apresentadas 31 fotografias tiradas com uma câmera Rolleiflex, a mesma que foi amplamente utilizada nos anos 50 e 60 durante a construção da Capital.

 

Curadoria: Beatriz Lemos e Waldir Barreto

 

Dia 16/07, quinta-feira

15h – Bate-papo com Vicente de Mello e curadores

Local: Vão em frente à Galeria 3

HORÁRIO de 9h às 21h

INGRESSO Entrada franca

 

Fonte: CCBB

Categoria: Cult
Tags: , , , , ,
Comentar

SÃO JOÃO DO CERRADO 2015 – 28 A 30/08

Vem aí a 9º edição do São João do Cerrado! De 28 a 30 de Agosto de 2015 no Forrobódromo em Ceilândia, a mais nordestina cidade de Brasília!

 

 

Data: 28 a 30 de Agosto de 2015. De Sexta a Domingo.

Hora: 18h.

Local: Ao lado do Estádio Abadião– Ceilândia/DF.

 

Programação – Maior São João do Cerrado 2015

 

Sexta Feira – Dia 28 de Agosto

• Pedro Paulo e Matheus (gravação do DVD)

• Luan Santana

 

Sábado – Dia 29 de Agosto

• Os Gonzagas

• Elba Ramalho

• Israel Novaes

 

Domingo – Dia 30 de Agosto

• Gabriel Lenner

• Luan e Forró Estilizado

• Calypso

 

São João do Cerrado

 

Esperada pelos brasilienses o ano todo, o Maior São João do Cerrado oferece mais de 100 atrações gratuitas nos vários espaços disponíveis da estrutura de 60 mil metros quadrados que será montada na antiga área do Ceilambódromo. A edição 2015 espera receber 150 mil pessoas por dia.

 

São cinco dias de muita emoção. Além dos shows de artistas nacionais e locais, o público poderá visitar a Vila Borborema, uma réplica das vilas do interior do país com suas casas coloridas, mergulhar na nostalgia passeando pelo Sítio Seu João, dançar à vontade nas ilhas de forró e conhecer muita cultura popular no coreto, no Museu Mestre Vitalino e na Praça do Mamulengo.

 

A oitava edição do Maior São João do Cerrado será realizado nos dias 28 a 30 de agosto de 2015. Anualmente, o festival promove e valoriza a cultura popular brasileira por meio da música, da dança, da culinária e do folclore característicos das grandes festas juninas do Nordeste, com acesso gratuito à população, atraindo milhares de turistas de vários estados do País.

 

Ingressos

 

• Arena – R$ 10,00 (individual)

• Camarote (quantidade limitadíssima) – R$ 50,00

 

Obs: Acesso gratuito para menores de 14 anos e ou maiores de 60 anos.

 

Pontos de Vendas

Óticas Diniz (Ceilândia – Taguatinga – Gama- Planaltina – Sobradinho – Samambaia – Gilberto Salomão – Conjunto Nacional – Setor Comercial Sul)

 

Informações

 

Telefone: (61) 3036-7002.

Classificação Indicativa: 16 anos.

 

Fonte: Agita Brasília

Categoria: Fique de Olho
Tags: , , , , , , ,
Comentar

EXPOSIÇÃO: “A MAGIA DE MIRÓ” – JOAN MIRÓ

A Caixa Cultural Brasília apresenta, entre 1º de julho e 30 de agosto, a exposição A Magia de Miró, o evento conta com 69 obras, entre desenhos e gravuras, e 23 fotografias do grande artista catalão. “Com Miró, a pintura uniu-se ao reino da poesia”. Assim a historiadora Janis Mink define, na biografia que escreveu sobre o artista para a editora alemã Taschen. Não fique de fora dessa, confira!

 

Qual dia?

1º de julho a 30 de agosto de 2015 (terça-feira a domingo)

Qual o horário?

Terça a sábado, de 10h às 20h, e domingo, de 10h as 19h

Onde vai ser?

CAIXA Cultural Brasília – SBS Quadra 4 Lotes 3/4

Quais as atrações?

Exposição “A Magia de Miró”

Qual o valor do ingresso?

Entrada franca

Mais informações:

Telefone: (61) 3206-9448 / 3206-9449

Censura: Livre

 

Fonte: Sou Brasília

Categoria: Cult
Tags: , , , , , ,
Comentar

A SAGA DA REINSTALAÇÃO DA JUSTIÇA ELEITORAL EM 1945

HISTÓRIA E CULTURA DOS 70 ANOS DA REDEMOCRATIZAÇÃO NO BRASIL

O Museu de Arte Brasileira da Fundação Armando Alvares Penteado (MAB-FAAP) e o Museu do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) apresentam, a partir de 7 de agosto, a exposição A saga da reinstalação da Justiça Eleitoral em 1945: História e Cultura dos 70 anos da Redemocratização no Brasil.

 

Com curadoria da historiadora Ane Cajado e da Arte Educadora Denise Baiocchi Vianna, ambas integrantes do Museu do Voto (TSE), a mostra tem como objetivo principal colocar luz sobre a recriação da Justiça Eleitoral em 1945, dando relevo aos desafios enfrentados por aqueles que se engajaram no projeto de fazer o País transitar de um período ditatorial para uma prática democrática.

 

A exposição contempla o período anterior a 1945 destacando as diversas formas de atuação política, desde o período do Brasil Colônia até chegar aos movi­mentos de contestação ao presidente Getúlio Vargas e ao Estado Novo (1937-1945). O visitante, ao concluir seu percurso, terá uma visão completa dos diversos avanços tecnológicos vividos nestes 70 anos, bem como as principais conquistas brasileiras relativas à ampliação do acesso ao direito ao voto.

 

Com aproximadamente 220 documentos históricos, objetos e reproduções de obras de artistas que contextualizam os períodos, como Henrique Passos, Antônio Parreiras, Pedro Américo, Frans Jansz Post, entre outros que permeiam a arte no Brasil desde o século XVII, a exposição fica aberta ao público até agosto de 2016.

 

Entre as raridades, estão expostos um exemplar de urna de madeira fabricada pelos presidiários de Terezina em 1945, a lista de apoiadores do Partido Comunista com a assinatura do artista Mário Lago, um mapa de apuração, cédulas eleitorais utilizadas nas eleições de 1945, além de fotografias do jogador Leônidas da Silva, conhecido como Diamante Negro, que teve sua história ligada à das eleições daquele ano.

 

As obras históricas e reproduções pertencem aos acervos de instituições como Fundação Biblioteca Nacional, Arquivo Nacional, Fundação Getúlio Vargas, Museu Antônio Parreiras, Museu Mariano Procópio, Rijks Museum, Senado Federal, Embaixada dos Estados Unidos da América do Norte, Fundação Joaquim Nabuco, Acervo do São Paulo Futebol Clube, Arquivo Público do Estado de São Paulo, Centro de Memória do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo, do Tribunal Regional Eleitoral do Piauí e do Tribunal Regional Eleitoral do Espírito Santo, entre outros. Há ainda coleções particulares e uma coletânea de objetos e documentos que recontam a trajetória do país, de propriedade do próprio Museu e do Arquivo do TSE.

 

A exposição integra o calendário de comemorações alusivas aos 70 anos da Reinstalação da Justiça Eleitoral que foi idealizado pela presidência do TSE. De acordo com o Ministro Dias Toffoli, presidente do TSE, o objetivo é destacar o perene, sábio, salutar e necessário respeito à democracia.

 

Durante o período da exposição, o Museu do TSE receberá escolas e grupos de estudantes para visitas guiadas com os educadores do Serviço Educativo. O agendamento​ é​ gratuito​.

 

Exposição ‘A saga da reinstalação da Justiça Eleitoral em 1945: História e Cultura dos 70 anos da Redemocratização no Brasil’

Exposição que reúne reproduções de obras de arte, objetos e documentos históricos, entre 1532 e 2015, realizada pelo MAB-FAAP e pelo Museu do TSE.

 

Dica:​

A saga da reinstalação da Justiça Eleitoral em 1945: História e Cultura dos 70 anos da Redemocratização no Brasil

​De 7 de agosto a 6 de agosto de 2016. De segunda a sexta, das 12h às 19h

Local: Museu do TSE​ (​SAFS, Quadra 7, Lotes 1/ 2 – 2º subsolo​)​

Entrada franca

Visitas guiadas: segunda e quarta, das 17h às 19h – agendar com antecedência pelo emailmuseu@tse.jus.br ou pelo telefone 3030-9285

 

Fonte: Dicas da Capital

Categoria: Cult
Tags: , , , , ,
Comentar

COMEÇA VENDA DE INGRESSOS PARA ‘ZECA BALEIRO CANTA ZÉ RAMALHO’ NO DF

Espetáculo acontece dia 12 setembro, às 21h, no Ulysses Guimarães.

Começou no último dia 30, a venda de ingressos para o show da turnê “Chão de giz – Zeca Baleiro canta Zé Ramalho”, que acontece em 12 de setembro no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília. O espetáculo tem como base o repertório do CD e DVD homônimo só com músicas do artista paraibano. A apresentação tem início às 21h, e os ingressos custam entre R$ 50 e R$ 280.

 

 

O show traz releituras de Zeca Baleiro para sucessos de Zé Ramalho, como “Chão de giz”, “Vila do sossego”, “Taxi boy”, “A terceira lâmina”, “Eternas Ondas” e “Avohai”. A lista inclui também a canção “Rei do rock”, parceria de Baleiro com Ramalho.

 

“É muito bom ter a chance de dedicar um show inteiro à obra de um ídolo como o Zé. É um trabalho instigante e prazeroso. Certos pontos de contato foram se revelando aos poucos, durante os ensaios e as apresentações. E isso é bonito de ver”, afirma Zeca.

 

Os dois artistas já chegaram se apresentar juntos. Uma das primeiras parcerias entre eles foi na gravação da música “Bienal”, composição de Baleiro registrada no CD “Vô imbolá”, lançado em 1999.

 

Zé Ramalho participa cantando versos como “Meu conceito parece, à primeira vista, um barrococó figurativo neo-expressionista com pitadas de art-nouveau pós-surrealista calcado da revalorização da natureza morta” e “Pra entender um trabalho tão moderno é preciso ler o segundo caderno, calcular o produto bruto interno, multiplicar pelo valor das contas de água, luz e telefone, rodopiando na fúria do ciclone, reinvento o céu e o inferno”.

 

O show “Chão de giz…” foi  idealizado e dirigido por Monique Gardenberg. Criado inicialmente para um projeto musical que prestava tributo a artistas como Cazuza, Beatles e o próprio Zé, o espetáculo tem como destaque a interpretação de Baleiro sobre a música, a poesia e o “universo épico e apocalíptico” de Ramalho.

 

Apesar de serem de épocas e de gêneros musicais diferentes, os artistas apresentam similaridades em aspectos como a origem e a formação musical.

 

Ambos são nordestinos, embora “de nordestes diferentes”. Baleiro é do Maranhão, Ramalho é da Paraíba. Eles se dizem influenciados pelo rock dos anos 1960, a Jovem Guarda, o cordel e o repente.

 

Baleiro sobe ao palco acompanhado por Tuco Marcondes (guitarras e vocais), Fernando Nunes (baixo), Pedro Cunha (teclados, samplers, sintetizadores e acordeon), Adriano Magoo (teclados, samplers, sintetizadores e acordeon) e Kuki Stolarski (bateria e percussão).

 

Chão de giz – Zeca Baleiro canta Zé Ramalho

Data: 12 de setembro (sábado)

Horário: 21h

Local: Centro de Convenções Ulysses Guimarães

Ingressos: poltrona superior  – R$ 50 (meia); poltrona especial -  R$ 100 (meia); vip lateral – R$ 100 (meia); poltrona vip – R$ 140 (meia)

Classificação Indicativa: 14anos

Pontos de Venda:

Brasília Shopping: Central de Ingressos – G2

Fnac – Park Shopping

Ingresso rápido

Call Center 4003-1212

Informações: 3364-2694 / 3248-5221

 

Fonte: G1 (com adaptações)

Categoria: Fique de Olho
Tags: , , , , ,
Comentar

HOMEM-FORMIGA

Dr. Hank Pym (Michael Douglas), o inventor da fórmula/ traje que permite o encolhimento, anos depois da descoberta, precisa impedir que seu ex-pupilo Darren Cross (Corey Stoll), consiga replicar o feito e vender a tecnologia para uma organização do mal. Depois de sair da cadeia, o trambiqueiro Scott Lang (Paul Rudd) está disposto a reconquistar o respeito da ex-mulher, Maggie (Judy Greer) e, principalmente, da filha. Com dificuldades de arrumar um emprego honesto, ele aceita praticar um último golpe. O que ele não sabia era que tudo não passava de um plano do Dr. Pym que, depois de anos observando o hábil ladrão, o escolhe para vestir o traje do Homem-Formiga.

Lançamento: 16 de julho de 2015 (1h57min)

Direção: Peyton Reed

Elenco: Paul Rudd, Evangeline Lilly, Corey Stoll mais

Gênero: Ação , Ficção científica

Nacionalidade: EUA , Reino Unido

 

Não recomendado para menores de 12 anos

 

Trailer:

 

Fonte: AdoroCinema

Categoria: Literatura e Filmes
Tags: , , , , , , , ,
1 Comentário

CICLO DE ARTE

Canta o poeta que “todo artista tem de ir aonde o povo está”. A música de Milton ecoa a proposta do Ciclo de Arte, um projeto inédito de exposições, com curadoria de Ralph Gehre, que vestirá o Brasília Shopping com as obras de talentos como Lêda Watson e Elder Rocha. “O objetivo é encontrar caminhos que surpreendam, encantem, motivem e tragam novas experiências sensoriais, emocionais, culturais e artísticas ao grande público”, revela o curador.

 

Segundo Gehre, o Ciclo de Arte fará um retrato da arte contemporânea de Brasília a partir de quatro diferentes referências. “Selecionamos dois artistas renomados e dois coletivos com produção jovem da cidade. As obras serão expostas sob o céu de Brasília”, diz ele referindo-se ao local no qual os brasilienses terão acesso livre para apreciar os trabalhos: uma praça com teto de vidro. Lêda Watson abre o projeto no dia 22 de abril com uma exposição que marcará o mês das mães. Elder Rocha encerra a coletânea em outubro, depois do público conhecer o trabalho de Pedro Ivo Verçosa, Felipe Cavalcante, Renato Rios e Rodrigo Cruz, novos expoentes das artes plásticas na capital do País.

 

Além das exposições, os artistas encontrarão o público em talk shows. “Será uma experiência marcante para ambos os lados. Democratizar o conhecimento e o acesso à arte é o desejo de quase todo artista”, aposta Cláudia Pereira, idealizadora do projeto. A publicitária atenta que o Ciclo de Arte reflete uma cena artística expressiva do País. “Brasília sempre abraçou a arte.

 

Temos aqui um grupo muito significativo que produz trabalhos que merecem ser conhecidos e reconhecidos pelos brasilienses”, observa. Gehre reforça que as mostras do Ciclo passeiam pela variedade de expressões e evidenciam o elo relevante entre a produção artística da capital e o Instituto de Artes da Universidade de Brasília (UnB), onde ensinam e estudam os artistas que integram a proposta do Brasília Shopping.

 

Localizado na região central da cidade, pelo mall circulam mais de um milhão de pessoas por mês. “Queremos vencer as restrições de locais nos quais a arte é exposta somente aos artistas. O Ciclo traz as obras ao grande público em um ambiente muito similar ao das galerias contemporâneas, pois o Brasília Shopping tem um espaço com tais características”, acrescenta o curador.

 

Lêda Watson não esconde o entusiasmo em expor seu trabalho a tantas pessoas. “As galerias intimidam o livre acesso, temos que admitir. Como artista, é renovador participar desse projeto porque estamos abrindo caminho. A partir de 22 de abril, quem quiser conhecer as mais ecléticas formas de expressão dos que nasceram ou escolheram Brasília como casa, será bem-vindo. Desacralizar a arte também é a missão do artista”, avalia a mestre gravurista em metal.

 

O público está mais que convidado a participar das rodadas de debates com os expositores. Os artistas estarão acompanhados de personalidades que são referência no universo artístico da cidade. A ideia é fazer do shopping uma galeria viva. “O Brasília Shopping é cara da nossa capital, tem tudo a ver com a arquitetura modernista da cidade. Então, nossas portas estão abertas à estética, à história, aos valores e a arte dos que aqui vivem e produzem”, resume Maíra Garcia, gerente de marketing do centro de compras.

 

Dica:

Ciclo de Arte

De 22 de abril a 25 de outubro

Local: Brasília Shopping

 

​- ​Lêda Watson

De  22 de abril à 24 de maio , das10h às 22h

Local: Brasília Shopping – praça em frente à Caixa Econômica

Talk Show

Dia 27 de abril, às 19h

Local: Teatro Brasília Shopping

Tema: Formação do Artista/Feiras de Arte/Mercado

Convidado: Onice Moraes De Oliveira (Referência Galeria de Arte)

 

​- ​Série Sem Registro – Organizada por Pedro Ivo Verçosa e Felipe Cavalcante

De 27 de maio à 28 de junho, das 10h às 22h

Local: Brasília Shopping – praça em frente à Caixa Econômica

Talk Show

Dia 8 de junho, às 19h

Local: Teatro Brasília Shopping

Tema: Feiras e Edições Alternativas + Produção

Convidado: Lucas Gehre (artista plástico, quadrinista, diretor de arte, roteirista e editor de publicações)

 

​- ​Renato Rios e Rodrigo Cruz

De 29 de julho à 30 de agosto, das 10h às 22h

Local: Brasília Shopping – praça em frente à Caixa Econômica

Talk Show

Dia 10 de agosto, às 19h

Local: Teatro Brasília Shopping

Tema: Espaços Alternativos e Relações de Trabalho

Convidado: Galeria Objeto Encontrado + Galeria Elefante

 

​- ​Elder Rocha

Dia 23 de setembro à 25 de outubro

Horário: 10h às 22h

Local: Brasília Shopping – praça em frente à Caixa Econômica

Talk Show

Dia 28 de setembro, às 19h

Local: Teatro Brasília Shopping

Tema: Formação e Consolidação de Nomes no Mercado da Arte

Convidado: Manoel Neves (crítico de arte, historiador e curador independente)

 

Fonte: Dicas da Capital

Categoria: Cult
Tags: , , , ,
Comentar
Termo de Uso de Conteúdo –

Nós permitimos e incentivamos a reprodução do conteúdo deste blog, desde que as condições determinadas abaixo sejam respeitadas.
Qualquer utilização que não respeite este Termo será considerada violação de propriedade intelectual e estará sujeita à todas as sanções legais.
Você pode copiar, distribuir e exibir o conteúdo, sob as seguintes condições:


Atribuição

Você deve dar crédito ao autor original sempre que o conteúdo possuir autoria. Veja o exemplo abaixo.
Por: (inserir o nome do autor)


Origem


A fonte deve ser citada da seguinte forma: Fonte: UDF.Blog (com o  link http://blog.udf.edu.br/)


Utilização do conteúdo


É vedada a criação de obras derivadas do conteúdo do UDF.Blog.
Você não pode alterar, transformar ou criar outra obra com base nesta.
Você não pode utilizar o conteúdo para finalidades comerciais ou publicitárias.


Política de Privacidade


Todas as informações fornecidas por você serão utilizadas para sua identificação.
Seus dados não serão vendidos ou compartilhados com terceiros sem sua prévia autorização.
Caso tenha solicitado, usaremos seus dados para mantê-lo informado sobre serviços, novidades e benefícios. Você sempre terá a opção de cancelar o recebimento de tais mensagens.


Condições gerais para os comentários


Buscando manter um relacionamento mais próximo e oferecer a possibilidade de participação dos usuários em nossos conteúdos, comentários são permitidos e bem-vindos em nosso blog.
Eles estão sujeitos a aprovação e serão publicados sempre que de acordo com as seguintes condições:

Os conteúdos dos comentários publicados são de responsabilidade dos usuários, não tendo nenhuma interferência ou opinião do UDF Centro Universitário.