PÓS-GRADUAÇÃO, POR QUE FAZER?

Sobre o Coordenador:

Bernardo Petriz é graduado em Educação Física com Mestrado em Atividade Física e Doenças Crônico degenerativas não Transmissíveis. Atualmente é doutorando em Ciências Genômicas e Biotecnologia, onde realizou seu estágio doutoral no laboratório de Genômica Estrutural na Universidade de Oxford no Reino Unido. Tem experiência como pesquisador na investigação das adaptações moleculares do sistema cardiovascular e musculoesquelético e da microbiota intestinal ao exercício, além de atuar como docente de Ensino Superior e Pós Graduação. É editor associado e revisor de periódicos científicos internacionais e também um dos fundadores do instituto ciência para saúde em Brasília.

 

Sobre o(s) curso(s):

Pós Graduação em Prevenção e Tratamento de Doenças Crônico degenerativas.

 

Público-alvo:

Para o curso de Pós Graduação em Prevenção e Tratamento de Doenças Crônico degenerativas: Graduados em Educação física, Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia, Nutrição, Terapia ocupacional, Medicina, Odontologia e áreas afins com experiência e/ou interesse em atuar em centros de reabilitação, hospitais e organizações públicas e privadas.

 

Os diferenciais do(s) curso(s):

Neste Pós Graduação, os diferenciais são o ineditismo deste curso no Brasil e o alinhamento de seu conteúdo com tópicos avançados e atuais da genética e biologia molecular no contexto das doenças crônico degenerativas. Todos estes aspectos são somados a docentes e pesquisadores experientes na área acadêmica e na prática das disciplinas que ministram. Por fim, o conhecimento das diversas áreas de atuação no tratamento destas doenças fornecera maiores recursos técnicos para uma atuação profissional multidisciplinar.

 

Mais informações:

Através do email “posgraduacao@udf.edu.br ” ou pelos sites www.udf.edu.br /

 

www.cienciaparasaude.com.br

 

Seu conhecimento no curso certo:

Integrar ao currículo a tradição e a experiência de mais de 40 anos do UDF em formação de profissionais bem sucedidos, além de estar em contato com tópicos avançados na prevenção e tratamento de doenças crônico degenerativas é sem dúvida, colocar seu conhecimento no curso e local certos.

Categoria: Retrato
Tags: , , , , , , , , , ,
2 Comentários

ESTÁGIO SUPERVISIONADO SERÁ TEMA DE PALESTRA DO CURSO DE ENFERMAGEM

A aproximação das demandas de estágios curriculares à prática da prestação de serviços a comunidade se tornou tema de uma palestra organizada pela Coordenação do curso de Enfermagem no UDF. Serão dois dias nos quais alunos e professores discutirão temas importantes para o desenvolvimento de atividades supervisionadas na rede do Distrito Federal.

 

A abertura oficial do evento acontecerá na próxima segunda-feira, às 19h. Já na terça-feira, os presentes poderão visitar os trabalhos expostos pelos alunos. Os banners ficarão expostos durante toda semana para apreciação da comunidade acadêmica.

 

De acordo com o Coordenador do curso, professor Suderlan Sabino, o objetivo é apresentar experiências de alunos que já participam de atividades de Estágio Curricular Supervisionado.

 

Data: 09 e 10 de junho

Horário: Dia 09 (das 19h às 22h); Dia 10 (das 8h às 12h e das 19h às 22h)

Local: Campus I

Categoria: UDF pra você
Tags: , , ,
Comentar

ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM É TEMA DE PALESTRA NO UDF

Nos próximos dias 10 e 11, os acadêmicos do curso de Enfermagem poderão participar das palestras: “Assistência de Enfermagem à pacientes com distúrbios neurológicos” e “Assistência de Enfermagem à pacientes com distúrbios metabólicos e endócrinos”, respectivamente. O objetivo do evento é discutir a assistência dada por profissionais da enfermagem a pacientes desta natureza.

 

 

O Coordenador Adjunto do curso, e responsável pela palestra, professor Roberto Albuquerque, explica a importância da participação no evento “os enfermeiros devem ser hábeis na avaliação geral da função neurológica, metabólica e endócrina, além de conhecer as implicações e prescrições de enfermagem para os pacientes com distúrbios nesses sistemas”.

 

No primeiro dia, o evento será realizado na sala 120 do Ed. Sede, já no segundo dia, o ponto de encontro será a sala 109. Os acadêmicos que estiverem presentes nos dois dias receberão certificado de participação, válido como comprovante de atividade complementar, equivalente à 6h.

Categoria: UDF pra você
Tags: , , , , , , ,
Comentar

ADIADO: PROJETO ESPAÇO CRIATIVIDADE – O LÚDICO NA ENFERMAGEM

Atualizado em 27/03/2014

Evento adiado. Para mais informações, entre em contato com a Coordenação do curso de Enfermagem.


No próximo dia 28, os acadêmicos do curso de Enfermagem do Centro Universitário UDF participarão do “Projeto Espaço Criatividade – O Lúdico na Enfermagem”. Serão realizadas duas oficinas, uma no turno matutino e outra no noturno, ambas com

exposição de fotos e livros.
O objetivo do encontro é a interação entre os acadêmicos do curso e os pacientes de forma criativa. Segundo o professor Suderlan Sabino Leandro, coordenador do curso de enfermagem, o evento irá quebrar barreiras, tirar resistências e amenizar o clima
dentro do ambiente hospitalar.
Serão apenas 100 vagas que deverão ser preenchidas através de inscrições na Área do Aluno. Veja, abaixo, o cronograma de ações:
• Oficina: O Cordel no Cuidado e comunicação na Promoção da saúde (25 vagas) Sala: 101
Me. Onã Silva- Escritora, Graduada em Enfermagem, Graduada em Artes Cênicas, Especialista em Saúde Pública, Mestre em Educação e Doutoranda em Educação.

 

• Oficina: Contação de histórias para promoção da saúde (25 vagas) Sala: 103
Profª Lair Franca –Escritora, Contadora de Histórias, Psicopedagoga, e Profª Secretaria de Educação

 

• Atividades para desenvolvimento da criatividade

 

• Exposição sobre História da Enfermagem
Mostra de livros da autora Onã Silva – Promoção da Saúde

Categoria: UDF pra você
Tags: , , , , , , , , , ,
Comentar

TESE DE DOUTORADO DE DOCENTE É TEMA DE ARTIGO CIENTÍFICO NA REVISTA JOURNAL OF BIOTECHNOLOGY

Professor Dr. Rafael Perseghini desenvolveu forma de reduzir danos causados por inseto na cultura do algodoeiro no Brasil

Em julho deste ano, a revista científica Journal of Biotechnology publicou artigo gerado a partir da tese de doutorado do professor Dr. Rafael Perseghini, docente dos cursos de Enfermagem, Farmácia e Ciências Biológicas do UDF.

 

 

O Journal of Biotechology é um periódico internacional, destinado à divulgação de artigos acadêmicos completos sobre aspectos inovadores no contexto da Biotecnologia.

 

De acordo com Rafael, o objetivo do trabalho foi desenvolver novas proteínas inibidoras de alfa-amilases, capazes de reduzir a atividade desta enzima no trato digestivo do inseto-praga bicudo do algodoeiro (Anthonomus grandis). O inseto é causador de sérios prejuízos à cultura do algodoeiro no Brasil. “A cotonicultura brasileira é responsável por parcela significativa da geração de divisas no agronegócio brasileiro. Dessa forma, a redução dos danos causados pelo inseto pode contribuir com o aumento da produtividade e aumentar a competitividade do país neste segmento econômico”, explica.

 

Segundo o professor, os novos inibidores foram gerados a partir de proteínas que já existiam no feijão comum selvagem e carioca. “A partir do embaralhamento dos genes dessas duas proteínas, foi possível gerar uma biblioteca gênica contendo milhões de novas moléculas que podem ser utilizadas em processos e seleção para novos inibidores de alfa-amilases de qualquer organismo”, aponta.

 

A pesquisa foi apoiada pela Embrapa, UnB, Fialgo e Facual (Fundos de Investimento para a desenvolvimento de Pesquisas sobre o Algodoeiro), CNPq e CAPES. Os créditos de orientação do trabalho desenvolvido são depositados à Pesquisadora da Embrapa Maria Fátima Grossi de Sá, Membro da Academia de Ciências e renomada pesquisadora na área de biotecnologia no país.

 

SOBRE O PROFESSOR

Rafael Perseghini é Doutor, Mestre e graduado em Ciências Biológicas-Biologia Molecular pela Universidade de Brasília. Tem experiência na área de Bioquímica, com ênfase em Biologia Molecular, Biotecnologia Vegetal, atuando principalmente nos seguintes temas: expressão heteróloga de proteínas em planta, bactéria e levedura. Purificação de proteínas. Clonagem e prospecção de genes relacionados a resistência contra pragas. Inibidores de a-amilases e proteinases, defensinas vegetais. Atualmente, desenvolve pesquisa na área de ciências forenses.

Categoria: Retrato
Tags: , , , , , ,
Comentar

DISTRITO FEDERAL COMEÇA VACINAÇÃO CONTRA HPV EM ESCOLAS

Paula Laboissière - Agência Brasil 01.04.2013 - 08h19 | Atualizado em 01.04.2013 - 09h10

Brasília – Meninas de 11 a 13 anos que estudam em escolas públicas e particulares do Distrito Federal (DF) começam a ser vacinadas hoje (1º) contra o papilomavírus humano (HPV). A meta é imunizar 64 mil alunas até o dia 26 deste mês.

 

A meta é imunizar 64 mil alunas até o dia 26 deste mês. É preciso receber as três doses, com intervalo de 60 e 180 dias após a primeira aplicação (Foto: Ascom Prefeitura de Votuporanga / Creative Commons)

 

 

As estudantes que fazem parte do público-alvo da campanha só poderão ser vacinadas mediante a apresentação do documento de identidade e do termo de autorização, assinado pelos pais ou por responsáveis.

 

A Secretaria de Saúde ressaltou que para garantir a efetividade da vacina é preciso receber as três doses, com intervalo de 60 e 180 dias após a primeira aplicação.

 

O calendário de vacinação foi elaborado de acordo com o período escolar, respeitando o período de férias. A segunda dose será aplicada de 3 a 28 de junho e a terceira, entre 30 de setembro e 1º de novembro.

 

A vacina protege contra quatro tipos do HPV (6, 11, 16 e 18). A doença é a principal causadora do câncer de colo do útero, que mata cerca de 90 mulheres por ano apenas no DF. O objetivo da campanha é assegurar proteção antes do início da vida sexual, diminuindo as chances de uma futura infecção.

 

O governo do Distrito Federal informou que, a partir de 2014, a imunização contra o HPV será exclusiva para meninas de 11 anos.

 

Edição: Graça Adjuto

Fonte: EBC na Rede (Íntegra)

Categoria: Acontece
Tags: , , , ,
Comentar

GUIA DE CARREIRA: ENFERMAGEM

Querer cuidar de outras pessoas é principal característica do profissional Trabalho em hospitais exige dedicação e interesse em se manter atualizado

Ter aptidão para cuidar de outras pessoas deve ser a principal característica de quem decide trabalhar na área de enfermagem. Profissional de nível superior, o enfermeiro tem seu foco no cuidado e no paciente. Além disso, deve estar preparado para atuar em grupo, com médicos e fisioterapeutas, a se manter atualizado e a liderar equipes.

 

 

O professor SaUDF dá dicas sobre a carreira aqui:

 

 

Fonte: G1

Categoria: UDF pra você
Tags: , , , ,
Comentar
Termo de Uso de Conteúdo –

Nós permitimos e incentivamos a reprodução do conteúdo deste blog, desde que as condições determinadas abaixo sejam respeitadas.
Qualquer utilização que não respeite este Termo será considerada violação de propriedade intelectual e estará sujeita à todas as sanções legais.
Você pode copiar, distribuir e exibir o conteúdo, sob as seguintes condições:


Atribuição

Você deve dar crédito ao autor original sempre que o conteúdo possuir autoria. Veja o exemplo abaixo.
Por: (inserir o nome do autor)


Origem


A fonte deve ser citada da seguinte forma: Fonte: UDF.Blog (com o  link http://blog.udf.edu.br/)


Utilização do conteúdo


É vedada a criação de obras derivadas do conteúdo do UDF.Blog.
Você não pode alterar, transformar ou criar outra obra com base nesta.
Você não pode utilizar o conteúdo para finalidades comerciais ou publicitárias.


Política de Privacidade


Todas as informações fornecidas por você serão utilizadas para sua identificação.
Seus dados não serão vendidos ou compartilhados com terceiros sem sua prévia autorização.
Caso tenha solicitado, usaremos seus dados para mantê-lo informado sobre serviços, novidades e benefícios. Você sempre terá a opção de cancelar o recebimento de tais mensagens.


Condições gerais para os comentários


Buscando manter um relacionamento mais próximo e oferecer a possibilidade de participação dos usuários em nossos conteúdos, comentários são permitidos e bem-vindos em nosso blog.
Eles estão sujeitos a aprovação e serão publicados sempre que de acordo com as seguintes condições:

Os conteúdos dos comentários publicados são de responsabilidade dos usuários, não tendo nenhuma interferência ou opinião do UDF Centro Universitário.