A SAGA DA REINSTALAÇÃO DA JUSTIÇA ELEITORAL EM 1945

HISTÓRIA E CULTURA DOS 70 ANOS DA REDEMOCRATIZAÇÃO NO BRASIL

O Museu de Arte Brasileira da Fundação Armando Alvares Penteado (MAB-FAAP) e o Museu do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) apresentam, a partir de 7 de agosto, a exposição A saga da reinstalação da Justiça Eleitoral em 1945: História e Cultura dos 70 anos da Redemocratização no Brasil.

 

Com curadoria da historiadora Ane Cajado e da Arte Educadora Denise Baiocchi Vianna, ambas integrantes do Museu do Voto (TSE), a mostra tem como objetivo principal colocar luz sobre a recriação da Justiça Eleitoral em 1945, dando relevo aos desafios enfrentados por aqueles que se engajaram no projeto de fazer o País transitar de um período ditatorial para uma prática democrática.

 

A exposição contempla o período anterior a 1945 destacando as diversas formas de atuação política, desde o período do Brasil Colônia até chegar aos movi­mentos de contestação ao presidente Getúlio Vargas e ao Estado Novo (1937-1945). O visitante, ao concluir seu percurso, terá uma visão completa dos diversos avanços tecnológicos vividos nestes 70 anos, bem como as principais conquistas brasileiras relativas à ampliação do acesso ao direito ao voto.

 

Com aproximadamente 220 documentos históricos, objetos e reproduções de obras de artistas que contextualizam os períodos, como Henrique Passos, Antônio Parreiras, Pedro Américo, Frans Jansz Post, entre outros que permeiam a arte no Brasil desde o século XVII, a exposição fica aberta ao público até agosto de 2016.

 

Entre as raridades, estão expostos um exemplar de urna de madeira fabricada pelos presidiários de Terezina em 1945, a lista de apoiadores do Partido Comunista com a assinatura do artista Mário Lago, um mapa de apuração, cédulas eleitorais utilizadas nas eleições de 1945, além de fotografias do jogador Leônidas da Silva, conhecido como Diamante Negro, que teve sua história ligada à das eleições daquele ano.

 

As obras históricas e reproduções pertencem aos acervos de instituições como Fundação Biblioteca Nacional, Arquivo Nacional, Fundação Getúlio Vargas, Museu Antônio Parreiras, Museu Mariano Procópio, Rijks Museum, Senado Federal, Embaixada dos Estados Unidos da América do Norte, Fundação Joaquim Nabuco, Acervo do São Paulo Futebol Clube, Arquivo Público do Estado de São Paulo, Centro de Memória do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo, do Tribunal Regional Eleitoral do Piauí e do Tribunal Regional Eleitoral do Espírito Santo, entre outros. Há ainda coleções particulares e uma coletânea de objetos e documentos que recontam a trajetória do país, de propriedade do próprio Museu e do Arquivo do TSE.

 

A exposição integra o calendário de comemorações alusivas aos 70 anos da Reinstalação da Justiça Eleitoral que foi idealizado pela presidência do TSE. De acordo com o Ministro Dias Toffoli, presidente do TSE, o objetivo é destacar o perene, sábio, salutar e necessário respeito à democracia.

 

Durante o período da exposição, o Museu do TSE receberá escolas e grupos de estudantes para visitas guiadas com os educadores do Serviço Educativo. O agendamento​ é​ gratuito​.

 

Exposição ‘A saga da reinstalação da Justiça Eleitoral em 1945: História e Cultura dos 70 anos da Redemocratização no Brasil’

Exposição que reúne reproduções de obras de arte, objetos e documentos históricos, entre 1532 e 2015, realizada pelo MAB-FAAP e pelo Museu do TSE.

 

Dica:​

A saga da reinstalação da Justiça Eleitoral em 1945: História e Cultura dos 70 anos da Redemocratização no Brasil

​De 7 de agosto a 6 de agosto de 2016. De segunda a sexta, das 12h às 19h

Local: Museu do TSE​ (​SAFS, Quadra 7, Lotes 1/ 2 – 2º subsolo​)​

Entrada franca

Visitas guiadas: segunda e quarta, das 17h às 19h – agendar com antecedência pelo emailmuseu@tse.jus.br ou pelo telefone 3030-9285

 

Fonte: Dicas da Capital

Categoria: Cult
Tags: , , , , ,
Comentar
Termo de Uso de Conteúdo –

Nós permitimos e incentivamos a reprodução do conteúdo deste blog, desde que as condições determinadas abaixo sejam respeitadas.
Qualquer utilização que não respeite este Termo será considerada violação de propriedade intelectual e estará sujeita à todas as sanções legais.
Você pode copiar, distribuir e exibir o conteúdo, sob as seguintes condições:


Atribuição

Você deve dar crédito ao autor original sempre que o conteúdo possuir autoria. Veja o exemplo abaixo.
Por: (inserir o nome do autor)


Origem


A fonte deve ser citada da seguinte forma: Fonte: UDF.Blog (com o  link http://blog.udf.edu.br/)


Utilização do conteúdo


É vedada a criação de obras derivadas do conteúdo do UDF.Blog.
Você não pode alterar, transformar ou criar outra obra com base nesta.
Você não pode utilizar o conteúdo para finalidades comerciais ou publicitárias.


Política de Privacidade


Todas as informações fornecidas por você serão utilizadas para sua identificação.
Seus dados não serão vendidos ou compartilhados com terceiros sem sua prévia autorização.
Caso tenha solicitado, usaremos seus dados para mantê-lo informado sobre serviços, novidades e benefícios. Você sempre terá a opção de cancelar o recebimento de tais mensagens.


Condições gerais para os comentários


Buscando manter um relacionamento mais próximo e oferecer a possibilidade de participação dos usuários em nossos conteúdos, comentários são permitidos e bem-vindos em nosso blog.
Eles estão sujeitos a aprovação e serão publicados sempre que de acordo com as seguintes condições:

Os conteúdos dos comentários publicados são de responsabilidade dos usuários, não tendo nenhuma interferência ou opinião do UDF Centro Universitário.