PAPA FRANCISCO USA O TWITTER PARA PEDIR AO MUNDO QUE EVITE A GUERRA

Brasília – Em meio à iminência de uma guerra na Síria, deflagrada por uma ação militar liderada pelos Estados Unidos, o papa Francisco apelou ao mundo para que busque a paz e evite os conflitos. Por meio do Twitter, ele enviou mensagem sobre o risco de guerra. “Queremos que nesta nossa sociedade, dilacerada por divisões e conflitos, possa irromper a paz”, ressaltou o papa, na manhã de hoje (3). A crise na Síria se agravou com as denúncias de uso de armas químicas, matando cerca de mil pessoas no último dia 21.

 

Mais cedo, Francisco lembrou o amor de Deus, capaz de transformar a vida. Mas, nos últimos dias, em decorrência da decisão norte-americana apoiada por franceses e britânicos de promover ataques à Síria como resposta ao uso de armas químicas, ele manifestou sua preocupação e pediu que todos se esforcem para evitar a guerra.

 

“Quanto sofrimento, quanta destruição, quanta dor causou e está causando o uso das armas”, reagiu, ontem (2) à noite, também pelo Twitter. “Queremos um mundo de paz; queremos ser homens e mulheres de paz”, acrescentou.

 

No último dia 1º, quando o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, reiterou sua disposição em favor da intervenção armada na Síria, Francisco usou o Twitter para apelar ao mundo que evite a guerra. “Nunca mais a guerra! Nunca mais a guerra”, disse o papa, usando ponto de exclamação. “Rezemos pela paz: a paz no mundo e no coração de cada um.”

 

Edição: Graça Adjuto

 

Fonte: EBC (Íntegra)

Categoria: Acontece
Tags: , , , , ,
Comentar

JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE COMEÇA OFICIALMENTE NO RIO COM FEIRA VOCACIONAL

Alana Gandra - Agência Brasil 23.07.2013 - 06h58 | Atualizado em 23.07.2013 - 10h40

 

Rio de Janeiro – A Jornada Mundial da Juventude (JMJ) começa oficialmente hoje (23). Jovens e peregrinos poderão participar da Feira Vocacional, na Quinta da Boa Vista, em São Cristóvão, na zona norte. Lá, estarão disponíveis aos visitantes 50 confessionários, estandes vocacionais, tendas acústicas e uma tenda de adoração a Jesus Sacramentado.

 

Outras atrações são o Catolic Point, onde os peregrinos poderão dançar ao som de música eletrônica católica, e o Espaço 180°, destinado aos esportes radicais. É nessa feira que o papa vai colher a confissão de cinco jovens de várias nacionalidades, na sexta-feira (26).

 

A agenda oficial do papa Francisco no Rio de Janeiro, onde participa da JMJ até o domingo (28), prevê que, a princípio, ele descanse nesta terça-feirana residência da Arquidiocese, no Sumaré, onde ficará hospedado durante sua estada na cidade. A Secretaria Executiva do Comitê Organizador Local da JMJ não descartou, porém, mudanças na programação.

 

Em parceria com a Organização das Nações Unidas (ONU), a JMJ promove também hoje (23) debate sobre o papel da juventude no desenvolvimento sustentável e da paz. O encontro “Jovens e Cultura da Paz” ocorrerá no prédio da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), onde funcionam os consulados das delegações internacionais durante a jornada. As discussões vão contar com a participação do enviado especial do secretário-geral da ONU para a Juventude, Ahmad Alhendawi.

 

Durante a jornada, ocorrerão cinco atos centrais, sendo quatro com a presença do papa Francisco. O primeiro está previsto para a noite de hoje. Trata-se da missa de acolhida que será rezada pelo arcebispo local, dom Orani João Tempesta, na Praia de Copacabana. Após a celebração, os Correios farão o lançamento de um selo em homenagem ao papa Francisco. O selo traz, em primeiro plano, a imagem do papa no gesto de emissão de bênção, tendo, ao fundo, a representação da Baía de Guanabara e, à esquerda, o monumento do Cristo Redentor.

 

Serão emitidos 1,2 milhão de selos, com preço de R$ 1,80 por unidade. As peças poderão ser compradas na loja virtual,na Agência de Vendas a Distância ou nas agências dos Correios.

 

Edição: Talita Cavalcante

  • Direitos autorais: Creative Commons – CC BY 3.0

Fonte: EBC (Íntegra – http://www.ebc.com.br/noticias/brasil/2013/07/jornada-mundial-da-juventude-comeca-oficialmente-no-rio-com-feira-vocacional)

 

Categoria: Acontece
Tags: , ,
Comentar

PROTESTOS ORGANIZADOS DURANTE ESTADIA DO PAPA PREOCUPAM AUTORIDADES

Francisco chega hoje ao Brasil e encontrará políticos preocupados com as manifestações previstas para esta semana no Rio de Janeiro, um cenário bem diferente da época em que o Brasil foi escolhido para sediar grandes eventos Leandro Kleber

Papa Francisco (E) olha através da janela de helicóptero antes de embarcar em avião no aeroporto de Fiumicino, em Roma

 

O papa Francisco desembarca hoje no Brasil e já terá pela frente, além dos fiéis que o aguardam em desfile por carro aberto pelas ruas do Centro do Rio de Janeiro, manifestações contrárias às políticas públicas brasileiras sob o lema: “Papa, veja como somos tratados”. O pontífice saiu de Roma nesta segunda-feira (22/7) pouco antes das 9h (4h de Brasília). Fiel à reputação de simplicidade, chegou ao avião carregando ele mesmo a bagagem de mão, uma maleta preta. “Chego ao Rio em algumas horas e meu coração está cheio de alegria porque em breve estarei com vocês para celebrar a XXVIII JMJ”, a Jornada Mundial da Juventude, escreveu o papa em um tuíte em espanhol antes de iniciar a viagem.

 
Depois da onda de protestos que atingiu o país principalmente em junho, a euforia e a comemoração pela escolha do Brasil para sediar a Jornada Mundial da Juventude (JMJ) 2013, anunciada oficialmente há dois anos, diminuíram, pelo menos para as autoridades brasileiras. A tão esperada viagem do pontífice causa, agora, certa apreensão, principalmente entre os governantes, com o esquema de segurança montado para o evento. A preocupação aumentou basicamente por dois motivos: o registro de depredações de patrimônio público e privado na noite da última quarta-feira no Leblon e em Ipanema, que mostraram mais uma vez a fragilidade do aparato estatal para controle de aglomerações, e a decisão do papa de andar em carro aberto pelas ruas da cidade, sem blindagem.

O próprio general José Abreu, coordenador da segurança das Forças Armadas, admitiu que a “blindagem nos deixaria mais tranquilos e não é nada agradável para a segurança (não tê-la)”. Pouco mais de 7 mil pessoas confirmaram presença nas redes sociais para participar do “ato na recepção do papa no Palácio Guanabara”, onde o pontífice será saudado pela presidente Dilma Rousseff, o governador Sérgio Cabral e o prefeito Eduardo Paes. A concentração será às 18h no Largo do Machado, horário em que as autoridades deverão estar reunidas no palácio. O protesto é principalmente contra os gastos públicos na visita do papa e por um Estado laico.

 

Protesto ontem à tarde em frente ao Maracanã: nova manifestação marcada para o fim do dia no Rio

 

Fonte: Correio Braziliense (Íntegra – http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/especiais/jornada-munidal-da-juventude/2013/07/22/interna-jmj,378253/protestos-organizados-durante-estadia-do-papa-preocupam-autoridades.shtml)

 

Categoria: Acontece
Tags: ,
Comentar

VATICANO CONFIRMA VISITA DO PAPA A FAVELA NO RIO E IDA A APARECIDA (SP)

Roteiro da viagem do Pontífice foi divulgado no site do Vaticano. Na 1ª missão internacional, Francisco ficará no Brasil de 22 a 28 de julho.

Do G1 Rio (Íntegra)

 

Em sua primeira missão internacional, o Papa Francisco preferiu fugir dos pontos turísticos do Rio de Janeiro, como Corcovado e Pão de Açúcar, e optou por visitar a comunidade de Varginha, no Conjunto de Favelas de Manguinhos, o Hospital São Francisco de Assis e participar de um encontro com a sociedade no Theatro Municipal.

 

 

A agenda oficial do pontífice foi divulgada no site do Vaticano nesta terça-feira (7). Francisco chega à cidade no dia 22 de julho e retorna a Roma ao término da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), em 28 de julho.

 

De acordo com a agenda, o Papa chega na segunda-feira, dia 22, na Base Aérea do Galeão, e segue para o Palácio Guanabara, em Laranjeiras, na Zona Sul, onde se reúne com a presidente Dilma Rousseff, o governador Sérgio Cabral, o prefeito Eduardo Paes e outras autoridades. Após o encontro, o Santo Padre se desloca para a residência da Igreja, no Sumaré, onde ficará hospedado durante a estadia no Rio.

 

Na terça-feira (23), o calendário divulgado pelo Vaticano informa que Francisco vai passar o dia na residência do Sumaré.  No dia seguinte ao descanso, a agenda será atribulada e inclui uma visita a Aparecida, interior de São Paulo, e passeio de papamóvel.

 

Papamóvel, praia e favela
Na manhã da quarta-feira (24), o pontífice segue de helicóptero a Aparecida e participa da missa no Santuário. A bordo do papamóvel, ele vai a um almoço no Seminário Bom Jesus.

 

Por volta das 16h, retorna para o Rio de Janeiro, onde visita o Hospital São Francisco de Assis, na Tijuca, na Zona Norte. A expectativa é de que o Papa inaugure o Polo de Atenção Integrada da Saúde Mental (PAI), que funcionará em um dos oito prédios do hospital. O local vai acolher dependentes químicos, de álcool e drogas, especialmente do crack.

 

O primeiro ato central da JMJ com participação do Papa será na quinta-feira (25). Pela manhã, às 7h30, Francisco participa de uma missa privada no Sumaré. Depois, ele vai ao Palácio da Cidade, em Botafogo, na Zona Sul, para abençoar a bandeira olímpica e paraolímpica.

 

Por volta das 11h, o compromisso é uma visita à comunidade da Varginha, na Zona Norte. A região ganhou uma Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) em janeiro. Segundo a agenda, o Papa deve realizar uma oração na pequena igreja dedicada a São Jerônimo Emiliano e oferecer um presente à comunidade. Na sequência, o Santo Padre se dirige a um campo de futebol e fazer um discurso. Nesse trajeto, pode visitar uma casa da comunidade.

 

Após o passeio, o pontífice retorna ao Sumaré, almoça com lideranças da Arquidiocese do Rio de Janeiro. Às 17h, vai à Praia de Copacabana. A expectativa é de que ele chegue ao Forte de Copacabana e depois vá até o palco montado no Leme, onde será celebrada a Festa da Acolhida. Ele fará um discurso e abençoará os jovens.

 

A sexta-feira (26) também começa com uma missa fechada no Sumaré. Após a oração, o Papa vai à Quinta da Boa Vista, em São Cristóvão, na Zona Norte, encontrar com um grupo de jovens selecionados pela Igreja. Serão cinco escolhidos de continentes diferentes que vão se confessar com Francisco. O compromisso seguinte é no Palácio São Joaquim, na Glória, Zona Sul, residência do arcebispo do Rio, onde rezará a oração do Ângelus.

 

Ainda no mesmo dia, entre 11h e 14h, o Papa participa de uma ação com adolescentes que cumprem medidas socioeducativas, encontra-se com patrocinadores da Jornada e integrantes do Comitê Organizador Local (COL) e ainda almoça com um grupo de jovens.
Sem muito tempo para descansar, o Papa segue ao Sumaré, lá embarca no helicóptero com destino à Praia de Copacabana, onde será realizada a Via-Sacra. Depois de acompanhar a vida e morte de Jesus Cristo, o pontífice volta para seus aposentos no Rio.

 

No penúltimo dia da JMJ, sábado (27), a manhã começa com uma missa às 9h, com bispos na Catedral Metropolitana, no Centro. Por volta das 11h30, o Papa se reúne com membros da sociedade civil no Theatro Municipal. Após o ato, ele almoça com bispos e cardeais.

 

No início da noite, o Pontífice vai a Guaratiba para a Vigília de Oração, para a qual está prevista a presença de 2 milhões de pessoas. Ele deve responder a perguntas de cinco jovens e realizar novo discurso.

 

Despedida
De acordo com a agenda do Vaticano, no domingo (28), antes das 8h, o Papa retorna a Guaratiba para realizar a Missa de Envio, marcada para as 10h. No caminho, o helicóptero deve sobrevoar a estátua do Cristo Redentor. A cerimônia deve contar também com a presença da presidente da República, Dilma Rousseff.

 

De tarde, por volta das 16h, Francisco tem um encontro com coordenação do Conselho Episcopal Latino-Americano. Depois, ele se reúne com milhares de voluntários da JMJ, no Riocentro, na Zona Oeste, e dá tchau aos brasileiros na cerimônia de despedida, agendada para as 18h30. O embarque para Roma está previsto às 19h.

Categoria: Em pauta
Tags: , , , , ,
Comentar

EM MISSA INAUGURAL, PAPA FRANCISCO PEDE PELOS POBRES E PELO AMBIENTE

Pontífice saudou milhares de fiéis em carro aberto na Praça de São Pedro. Cardeal argentino Jorge Bergoglio foi eleito pontífice na semana passada.

Papa Francisco apelou nesta terça-feira (19) pela defesa dos pobres, dos idosos, dos mais fracos e do meio ambiente, na homilia da missa solene que marcou o início oficial de seu pontificado.

 

Ele afirmou que a liderança da Igreja Católica Apostólica Romana e de seus 1,2 bilhão de fiéis deve ser um “serviço humilde”, acolhendo a todos, e principalmente aos mais pobres.

 

Acompanhe a cobertura ao vivo

 

Leia a íntegra da homilia

 

No sermão na Basílica de São Pedro, no Vaticano, o primeiro Papa latino-americano pediu respeito “a todas as criaturas vivas e ao ambiente que nos cerca”.

 

“Peço a todos aqueles que ocupam papel de responsabilidade nos meios econômico, politico e social, a todos homens e mulheres de boa vontade, para que cuidem da criação. Do desenho de Deus na Natureza. Cuidem um do outro, do meio ambiente”, disse.

 

O pontífice citou São Francisco de Assis, padroeiro do meio ambiente e inspirador de seu nome papal.

 

Ele afirmou que seu ministério é “cuidar das pessoas, principalmente dos mais pobres”.

 

O pontífice, primeiro jesuíta a exercer o cargo, também apelou aos fiéis e principalmente às pessoas em postos de comando para que não deixem que os “sinais de destruição” dirijam o mundo.

 

“Vamos lembrar que o ódio, a inveja, a soberba sujam a vida”, afirmou o pontífice. “Cuidar, então, significa vigiar nosso sentimento, nosso coração, porque é dali que vem as coisas boas e as más intenções. Aquelas que destroem e aquelas que constroem.”

 

Francisco terminou a homilia pedindo a intercessão da Virgem Maria, de São José, de São Pedro, São Paulo e de São Francisco, para que o Espírito Santo acompanhe o seu ministério.

 

Anel e pálio
Durante a missa, o pontífice recebeu o anel do pescador e o pálio, símbolos da autoridade papal.

 

Após a cerimônia, começou o tradicional “beija mão”, em que membros de delegações de 132 países e líderes religiosos de todo o mundo fizeram fila para cumprimentar o pontífice.

 

Entre os chefes de Estado presentes no Vaticano, estava a presidente brasileira Dilma Rousseff.

 

Saudação aos fiéis
Antes da missa, o novo pontífice, de 76 anos, saudou os milhares de fiéis que lotavam a Praça de São Pedro, no Vaticano, diante da Basílica, para acompanhar a cerimônia.

 

A bordo do papamóvel versão “jipe”, sem cobertura, Francisco chegou por volta das 8h50 locais (4h50 de Brasília), segundo a repórter do G1.

 

Papa Francisco recebe o anel do pescador (Foto: Alberto Pizzoli/AFP)

 

Sorridente, ele saudou a multidão, que acenava bandeiras de vários países, e desceu do papamóvel para cumprimentar fiéis, antes de entrar na Basílica de São Pedro para oficiar a missa.

 

O cardeal argentino Jorge Mario Bergoglio foi eleito na semana passada, pelo conclave de cardeais, como o 266º Papa da Igreja Católica, após a renúncia, surpreendente, do agora Papa Emérito Bento XVI.

 

Bergoglio, que adotou o nome de Francisco, é o primeiro papa latino-americano da história, além do primeiro sacerdote da Ordem dos Jesuítas a chegar ao cargo.

 

O Papa Francisco acena para a multidão nesta terça-feira (19) na Praça de São Pedro, no Vaticano (Foto: AFP)

 

O policiamento foi reforçado no Vaticano e na cidade de Roma durante o evento.

 

Fonte: G1 Íntegra

Categoria: Acontece
Tags: , , ,
Comentar
Termo de Uso de Conteúdo –

Nós permitimos e incentivamos a reprodução do conteúdo deste blog, desde que as condições determinadas abaixo sejam respeitadas.
Qualquer utilização que não respeite este Termo será considerada violação de propriedade intelectual e estará sujeita à todas as sanções legais.
Você pode copiar, distribuir e exibir o conteúdo, sob as seguintes condições:


Atribuição

Você deve dar crédito ao autor original sempre que o conteúdo possuir autoria. Veja o exemplo abaixo.
Por: (inserir o nome do autor)


Origem


A fonte deve ser citada da seguinte forma: Fonte: UDF.Blog (com o  link http://blog.udf.edu.br/)


Utilização do conteúdo


É vedada a criação de obras derivadas do conteúdo do UDF.Blog.
Você não pode alterar, transformar ou criar outra obra com base nesta.
Você não pode utilizar o conteúdo para finalidades comerciais ou publicitárias.


Política de Privacidade


Todas as informações fornecidas por você serão utilizadas para sua identificação.
Seus dados não serão vendidos ou compartilhados com terceiros sem sua prévia autorização.
Caso tenha solicitado, usaremos seus dados para mantê-lo informado sobre serviços, novidades e benefícios. Você sempre terá a opção de cancelar o recebimento de tais mensagens.


Condições gerais para os comentários


Buscando manter um relacionamento mais próximo e oferecer a possibilidade de participação dos usuários em nossos conteúdos, comentários são permitidos e bem-vindos em nosso blog.
Eles estão sujeitos a aprovação e serão publicados sempre que de acordo com as seguintes condições:

Os conteúdos dos comentários publicados são de responsabilidade dos usuários, não tendo nenhuma interferência ou opinião do UDF Centro Universitário.