BAR DO FERREIRA ESTREIA TEMPORADA DE HUMOR COM STAND UP SEMANAL

A cada segunda e terça, a casa recebe humoristas de diferentes lugares do Brasil

Eduardo Rocha

O Bar do Ferreira, tradicional estabelecimento de Brasília, apresenta um novo projeto. A cada semana os humoristas Edson Duavy e Eduardo Rocha farão as honras da casa e receberão convidados diferentes para sessões de muitas gargalhadas. As apresentações se revezam entre segunda, em Águas Claras; e terça no Pier 21.

 

Para esta semana, a mineira Paloma Santos reservou boas histórias para o público brasiliense. Com mais de cinco anos de carreira no humor, Paloma é uma das fundadoras do grupo Queijo Comédia & Cachaça, que viaja pelo Brasil a fora. A comediante já dividiu o palco com humorista renomados como Tom Cavalcante, Tiririca e Pedro Manso.

 

Já na próxima semana quem comanda as noites do evento é o humorista Paulo Vieira, vencedor do Prêmio Multishow de Humor. Com esquetes sobre temas atuais, Paulo vem conquistado espaço no cenário brasileiro e promete muita discontração para a noite de humor. O couvert é de R$ 20. Não recomendado para menores de 16 anos. Informações: 3024-8834.

 

Categoria: Cult
Tags: , , , , , , , , , , ,
Comentar

AGENDA DA SEMANA

DE NELSON A VARGAS LLOSA



O Centro Cultural Banco do Brasil (SCES, Tc. 2) tem duas opções de teatro neste fim de semana. Para os adultos, Valsa Nº6, a primeira peça de Nelson Rodrigues a ser adaptada para o teatro de animação. Direção de Alexandre Boccanera e Companhia Teatro Portátil (RJ) no elenco. Sessões de quinta a sábado, às 20h. Não recomendado para menores de 14 anos. Para a garotada, a opção é a Fonchito e a lua, do escritor peruano Mario Vargas Llosa. Direção de Daniel Herz e dramaturgia de Pedro Brício. Sábado e domingo, às 15h e às 17h, até 20 de abril. Não recomendado para menores de 6 anos. Ingressos (cada apresentação): R$ 10 e R$ 5 (meia). Informações: 3108-7600.

 
FIM DE SEMANA ANIMADO



Quem curte sertanejo pode anotar na agenda: sexta, às 22h, tem Lucas Lucco, no Minas Tênis Clube (SCEN, Tc. 3). A apresentação terá participação especial de Daniel Duran, Fellipe Salles, Heverton & Heverson e DJ Gusttavo Carvalho. Ingressos: R$ 90 (camarote) e R$ 60 (frente ao palco). Valores de meia-entrada e sujeitos a alteração. Informações: 3342-2232. Não recomendado para menores de 16 anos. Para a turma do samba, a pedida é o show do cantor Dudu Nobre. Sábado, às 16h, no Bar Santa Fé (Condomínio San Diego, Lt. 32, Lj. 1, Jardim Botânico). Ingressos: R$ 80 (homem) e R$ 40 (mulher). Valores sujeitos a alteração. Informações: 3427-2312. Não recomendado para menores de 18 anos.

 

CINEMA AFRICANO



A partir de sexta-feira, o Centro Cultural Banco do Brasil (SCES, Tc. 2) recebe a primeira semana de cinema de Burkina Faso. Na programação, longas-metragens de Aboubakar Diallo, Boubakar Diallo e Missa Hebie, entre outros. A estreia é com Tasuma — o fogo (2004), de Daniel Kollo Sanou, às 19h. Sessões de quarta a domingo, até 6 de abril. Ingressos: R$ 4 e R$ 2 (meia). Informações: 3108-7600. Confira as classificações indicativas e a programação completa no site www.bb.com.br/cultura.

 
GUITARRA BAIANA



O multi-instrumentista Armandinho Macedo completa 50 anos de música em 2014, e uma das comemorações será em Brasília. Acompanhado por Yacoce Simões (teclados e acordeon), Emanuel Stanchi (percussão), Marcio Diniz (bateria) e Julio Leony (baixo), ele toca Noites cariocas, Pop choro exaltação e Jazziquifrevo, entre outros sucessos. De quarta a sexta-feira, no Clube do Choro (SDC, Bl. G, Eixo Monumental), sempre às 21h. Ingressos na bilheteria do clube a R$ 20 e R$ 10 (meia). Informações: 3224-0599 e no site www.clubedochoro.com.br. Não recomendado para menores de 14 anos.

 

Categoria: Fique de Olho
Tags: , , , , , , , , , , , , , ,
Comentar

GRUPO MONOBLOCO SE APRESENTA DURANTE O CARNAVAL; CONFIRA OUTRAS OPÇÕES

Os cariocas a bateria do Monobloco se apresentam na cidade no domingo, na AABB. Ingressos a R$ 100 (camarote) e R$ 60 (pista)

O grupo Monobloco esquenta o carnaval brasiliense, domingo, às 21h, na AABB (SCES, Tc. 2, Cj. 17; 3223-0078). A trupe carioca deve tocar sucessos como É hoje, Arrastão da alegria, Anunciação e Do Leme ao Pontal. A balada ainda conta com o som da banda Clima de Montanha e do DJ Tubarão. Ingressos a R$ 100 (camarote) e R$ 60 (pista).

 

 

Valores de meia-entrada e sujeitos a alteração. Informações: 3223-0078; 4141-8007 e 8121-0800. Não recomendado para menores de 16 anos.

 

 

FOTOGRAFIA E CINEMA

 


O diretor de fotografia Walter Carvalho é o homenageado da mostra A Luz (imagem) de Walter Carvalho, que começa nesta terça-feira (25/02), na Caixa Cultural (SBS, Q. 4; 3414-9452). Até 2 de março, serão exibidos mais de 20 títulos, entre eles curtas e longas-metragens, para relembrar os 35 anos de carreira do diretor paraibano. A estreia é com Chega de saudade, de Laís Bodanzky, e Janela da alma, de João Jardim e Walter Carvalho. Entrada: R$ 4 e R$ 2 (meia também para doadores de 1kg de alimento não perecível). Confira programação completa e as classificações indicativas no site.

 

 

BRASÍLIA INSTRUMENTAL

 


De quarta a sexta-feira, o Clube do Choro (SDC, Bl. G, Eixo Monumental) recebe Moisés Alves Quarteto. Acompanhado por Flávio Silva (piano), Pedro Almeida (bateria) e Daniel Castro (contrabaixo), o trompetista paraibano toca temas autorais e do pianista João Donato, homenageado deste ano pelo estabelecimento. Amanhã, a música é com o GTR Jazz Trio, pelo projeto Prata da Casa. Sempre às 21h. Ingressos (para cada apresentação): R$ 20 e R$ 10 (meia). Informações: 3224-0599. Não recomendado para menores de 14 anos.

 

 

Ó ABRE ALAS

 


Engana-se quem pensa que Brasília não tem carnaval. De sábado a terça-feira, a Passarela da Alegria, montada no estacionamento do Ginásio Nilson Nelson, recebe blocos de enredo e escolas de samba do Grupo de Acesso e do Grupo Especial. A partir das 20h, Unidos do Vicente Pires, Gigantes da Colina, Capela Imperial e Bola Preta de Sobradinho (foto), entre outras, garantem a animação. Entrada franca. Classificação indicativa livre. Informações e programação completa no site www.cultura.df.gov.br.

 

 

FOLIA DE TRADIÇÃO

 


Para a turma que faz questão de sair nos blocos tradicionais, a programação no Gran Folia começa sábado, às 17h, com a Baratinha. A partir das 19h, a festa é para os adultos com Pacotão (foto), Meninos da Ceilândia, Baratona, Batucada dos Raparigueiros, Galinho de Brasília e shows de bandas locais. Até terça, Mamãe Taguá e Asé Dudu, entre outros, animam o feriado brasiliense. Tudo com entrada franca.

 

 

Informações e programação completa no site www.cultura.df.gov.br. A Baratinha tem classificação indicativa livre e os demais blocos não são recomendados para menores de 18 anos.

 

 

Íntegra: Divirta-se mais

Categoria: Fique de Olho
Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
Comentar

JORGE E MATEUS, TIMBALADA, CAMAFEU E OUTRAS ATRAÇÕES VÃO ANIMAR A SEMANA NA CAPITAL

Cantora Flora Matos é uma das atrações do Rap Festiva

Sábado, às 22h, o Rap Festival traz os principais nomes do gênero para única apresentação no Real Marina Sul (SCES, Tc. 1, Cj. 1). Projota, Karol Conka, Rashid e Flora Matos vão animar a noite dos brasilienses, que também contam com o som do rapper Japão, do MC Ahoto e do DJ Hugo Drop. Os ingressos custam R$ 60 (camarote) e R$ 40 (pista). Valores de 1º lote e sujeitos a alteração. Informações: 8638-2773, 9352-4041 e 9997-0988. Não recomendado para menores de 18 anos.

 

 

 

 

 

Clima Pré-CARNAVALesco
Brasília entra no clima de carnaval, sábado, às 21h, com a edição especial do Semente da Vila (Rotary Club, SCES, Tc. 3). Em clima de folia, a roda de samba, com Marquinhos Benon e outros músicos da cidade, promete animar o fim de semana da cidade. Ingressos: R$ 20 (1º lote). Informações: 9267-1108. No domingo, às 19h, a festa é com as bandas Timbalada e Camafeu e com o cantor Daniel Duran, na AABB (SCES, Tc. 2, Cj. 17; 3223-0078). Ingressos (1º lote): R$ 80 (camarote) e R$ 50 (pista). Informações: 3342-2232. Ambos os eventos não são recomendados para menores de 18 anos.

 

 

COMÉDIA CONTEMPORÂNEA
Napoleão e Cleópatra são unidos na luta pela sobrevivência. Ele é um bacharel em direito que, após várias tentativas de tirar a carteira da ordem, desiste de ser advogado. Ela, diante das dificuldades cotidianas, acaba trabalhando como “mula” e transporta drogas para Miami. Mas a morte de um magnata pode mudar o destino deles. Essa é a história do novo espetáculo de Claudio Cunha, Pra corno todo castigo é pouco, com Claudio e Alexandra Dias no elenco. Estreia nacional com sessões sexta e sábado, às 21h; e domingo, às 19h, no Espaço Brasil 21 Cultural (SHS, Q. 6; 3039-9296). Ingressos: R$ 50 e R$ 25 (meia). Não recomendado para menores de 14 anos.

 

 

INSPIRAÇÃO ALEMÃ
O Museu Nacional Honestino Guimarães (Conjunto Cultural da República, Setor Cultural Sul, Lt. 3; 3325-5220) recebe, a partir de quarta, a exposição de fotografias Bauhaus.foto. Com curadoria de Anja Guttenberger, a mostra conta com imagens inéditas da escola superior de design alemã, fundada por Walter Gropius. A seleção das 100 obras mais representativas da coleção inclui imagens de Lucia Moholy, László Moholy-Nagy, T. Lux Feininger, Irene Bayer e Max Peiffer Watenphul. A visitação é de terça-feira a domingo, das 9h às 18h30. Até 9 de março. Entrada franca.

 

 

ARTE PARA TODOS
A partir de quarta-feira, o Centro Cultural Banco do Brasil (SCES, Tc. 2) exibe o Assim Vivemos — Festival Internacional de Filmes sobre a Deficiência. A mostra segue até 16 de fevereiro e exibe 26 títulos nacionais e internacionais, que têm como tema a inclusão social das pessoas com deficiência. A estreia é com Ataque de emoção, de Sarah Barton, e Improvisação livre, de Doron Djerassi, entre outros. Entrada franca (mediante a retirada de ingressos com uma hora antes de cada sessão). Informações: 3108-7600. Programação completa e classificações indicativas no site www.assimvivemos.com.br.

 

 

FESTA SERTANEJA
A dupla sertaneja Jorge & Mateus é atração da festa de aniversário de um ano do Villa Mix (SHTN, Tc. 2, Cj. 5). Quinta, às 22h30, os músicos goianos embalam o público brasiliense com Voa beija-flor, Pode chorar e De tanto te querer, entre outros hits. Os ingressos custam R$ 280 (homem) e R$ 200 (mulher), área VIP; R$ 200 (homem) e R$ 150 (mulher), pista. Valores de 1º lote e de meia-entrada. Informações: 3326-9796. Não recomendado para menores de 18 anos.
Íntegra: Correioweb

Categoria: Fique de Olho
Tags: , , , , , , , , , , , , , ,
Comentar

BRASÍLIA RECEBE APRESENTAÇÕES DE TEATRO E SHOW DE NEY MATOGROSSO

O cantor celebrará os 40 anos de carreira com as músicas Vida louca vida, Freguês da meia-noite, Ex-amor e Rua da passagem.

SANGUE LATINO

 

O cantor Ney Matogrosso desembarca na cidade para única apresentação, domingo, às 20h, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães (Eixo Monumental). A turnê Atento aos sinais celebra os 40 anos de carreira do artista, que interpreta Vida louca vida, Freguês da meia-noite, Ex-amor e Rua da passagem, entre outras. Os ingressos custam R$ 120 (VIP), R$ 100 (cadeira especial e VIP lateral) e R$ 70 (cadeira superior). Valores de meia-entrada e sujeitos a alteração. Informações: 8130-6681. Pontos de venda: Central de Ingressos do Brasília Shopping (piso G2). Não recomendado para menores de 14 anos.

 

Matogrosso faz performance no domingo, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães

 

DE GRAÇA

O Festival Satélite 061 — 24h no ar começa sábado, às 23h, e segue até domingo, com shows de Karina Buhr, Rio Claro, Ellen Oléria, Afrobombas e Céu, entre outros, no Complexo Cultural da República (Eixo Monumental). Tudo com entrada franca e classificação indicativa livre. Informações: festivalsatelite061.com. Na sexta, a partir das 16h, o Museu Nacional Honestino Guimarães recebe a 3ª edição do Festival de Artes Integradas Sai da Lata. Além de grafite ao vivo, stand-up comedy e arte circense, o evento conta com shows de Rios Voadores, Na Lata e Galinha Preta. Entrada franca (opcional a doação de 1kg de alimento não perecível). Informações: festivalsaidalata.com.br. Não recomendado para menores de 16 anos.

 

SIMONE EM BRASÍLIA

A cantora Simone faz show de lançamento do disco É melhor ser, quinta-feira, às 21h, no Teatro Unip (913 Sul). No repertório, canções de importantes compositoras, como Charme do mundo (Marina/Antônio Cícero), Mutante (Rita Lee/Roberto de Carvalho) e Acreditar (Dona Ivone Lara/Delcio Carvalho). Os ingressos custam R$ 120 e R$ 60 (meia). Informações: 4003-2051. Pontos de venda: Central de Ingressos do Brasília Shopping (piso G2) e no site ingressorapido.com.br. Informações: 4003-2051. Classificação indicativa livre.

 

DOSE DUPLA DE TEATRO

Nesta semana, o Centro Cultural Banco do Brasil (SCES, Tc. 2) recebe os espetáculos O patrão cordial e Oxigênio. A primeira montagem, dirigida por Sérgio de Carvalho, mostra a Companhia do Latão questionando os limiares da cordialidade brasileira. Sessões quinta e sexta, às 20h, na Galeria 3. Não recomendado para menores de 12 anos. Já Oxigênio, sob o comando de Marcio Abreu, debate assuntos contemporâneos como terrorismo, violência e consumismo. Sexta e sábado, às 21h, e domingo, às 19h, no Teatro 1. Não recomendado para menores de 14 anos. Ingressos (para cada apresentação): R$ 10 e R$ 5 (meia). Informações: 3108-7600.

 

É SAMBA O QUE ELES QUEREM

Arlindo Cruz, Marcelo D2, Mumuzinho e Mart’nalia agitam o público brasiliense com o show Boa do Samba, sexta, às 22h, no Salão Social da AABB (SCES, Tc. 2; 3223-0078). A noite deve contar com Minha missão, Meu lugar, Pé do meu samba e Curto-circuito, entre outros sucessos. O encerramento é com o sambista Leandro Sapucahy. Ingressos: R$ 80 (camarote) e R$ 50 (pista). Valores de meia-entrada e sujeitos a alteração. Pede-se a doação de 1kg de alimento não perecível para a ONG Vida. Não recomendado para menores de 18 anos.

 

SHAKESPEARE REVISITADO
A partir de sexta-feira, o grupo Parlapatões, Patifes e Paspalhões encena a peça PPP@WllmShkspr.Br, na Caixa Cultural (SBS, Q. 4, Lt. 3/ 4; 3206-9448). A adaptação brasileira, com direção de Emílio Di Biasi, satiriza os textos originais de William Shakespeare, trazendo-os aos dias atuais, como os versos de Otelo em forma de rap. Sessões sexta e sábado, às 20h; e domingo, às 19h. Até 10 de novembro. Ingressos: R$ 20 e R$ 10 (meia também para doadores de livro). Não recomendado para menores de 14 anos.

 

Íntegra Divirta-se mais

Categoria: Fique de Olho
Tags: , , , , ,
Comentar

CONSAGRADO NOS PALCOS E NO CINEMA, PAULO GUSTAVO TRAZ DUAS PEÇAS A BRASÍLIA

O brasiliense terá a chance de conferir neste sábado o badalado Minha mãe é uma peça. No domingo, o ator apresenta espetáculo o stand-up Hiperativo

Para falar da peça, temos que falar do filme — embora, até pouco tempo atrás, fosse o oposto. A marca de 5 milhões de espectadores do longa Minha mãe é uma peça está acompanhada de outros indicadores que consagram o ator Paulo Gustavo como um dos grandes nomes do entretenimento brasileiro da atualidade.

 

Minha mãe é uma peça migrou do teatro para as telonas: hoje, o espetáculo é bancado sem patrocínio

 

 

Trata-se da melhor estreia de um comediante nas telonas desde a retomada do cinema nacional, em 1995. Desempenho superior ao de Ingrid Guimarães, Bruno Mazzeo, entre outros. A fita arrecadou, até o momento, cerca de R$50 milhões, sendo a melhor performance de um longa produzido no país em 2013.

 

 

Nada disso seria possível se a peça homônima não tivesse provocado o burburinho inicial em torno do nome do artista. O espetáculo Minha mãe é uma peça estreou em 2006 e não saiu de cartaz desde então. “Pago minhas contas com o teatro. Sempre foi assim. Felizmente, o público gostou e tenho o privilégio de manter a peça sem patrocínio”, revelou.

 

O público não foi o único a reconhecer a habilidade cênica de Paulo. Pela atuação na obra, acabou indicado ao Prêmio Shell de melhor ator. Ainda assim, ele sabe bem o quanto esse panorama é atípico: “Tenho muitos amigos ralando no teatro há anos, muitas vezes sem retorno. Contei com a sorte”, diz. O brasiliense terá a chance de conferir neste sábado o badalado espetáculo, responsável pela ascensão do comediante, neste sábado (19/10), quando Dona Hermínia sobe no palco da Villa-Lobos, no Teatro Nacional.

 

No domingo (20), o próprio Paulo — sem maquiagem nem personagens — encara a plateia no stand-up Hiperativo, outro sucesso comercial, com mais de dois anos de estrada e 200 mil espectadores. Diante da expressiva procura inicial por ingressos, o ator terá que se desdobrar para enfrentar duas sessões por dia. “Dou conta. Pedi por isso. Nunca reclamo, só agradeço.”

 

Íntegra Divirta-se mais

Categoria: Fique de Olho
Tags: , , , , , ,
Comentar

SE É QUE ISSO É AMOR

“Os Filhos da Peça” estreiam a comédia “Se é que isso é amor” nesse sábado, dia 6 de julho, ficando em cartaz até o dia 11 de agosto, aos sábados e domingos no Teatro Brasil 21 Brasília! Você não pode perder!
Data: 6 de julho a 11 de agosto
Hora: Sábado às 21h e Domingo às 20h.
Local: Teatro Brasil 21 – Sala Juca Chaves (Ao lado da torre de TV)

 

 

 

Sobre

Existe sexo sem amor? Amor sem sexo? E se tivéssemos que escolher um dos dois? São questões como essa que inspiraram o segundo espetáculo inédito do grupo “Os Filhos da Peça”, que retornam aos palcos do teatro Brasil 21 no mês de julho com a comédia “Se é que isso é amor”. A peça apresenta uma versão irônica da criação e da evolução desses dois elementos indispensáveis para a humanidade.
Forças milenares e misteriosas permeiam a trama da peça, que se trata de uma viagem no tempo para mostrar como eram as paqueras, conquistas e a interpretação das interações sexuais e amorosas no passado, como é atualmente e ainda uma previsão de como poderá ser no futuro. A única conclusão que se chega é que, desde que o mundo é mundo, seja na era dos primatas, na época medieval ou na revolução tecnológica, o amor e o sexo figuram como temas polêmicos, complementares e ao mesmo tempo controversos.
Se é que isso é só sexo ou se é que isso é amor? Na dúvida “Os Filhos da Peça” ficam com os dois nessa imperdível estreia de 2013. Porque amor é bom e faz bem. Sexo também.

 

Horários:

  • Sábados: 21h
  • Domingos: 20h

Ingressos

  • R$ 50,00 (Inteira)
  • R$ 25,00 (Meia)

*Valores dos ingressos sujeitos à alterações sem aviso prévio.

Fonte: DeBoa Brasília (Íntegra – http://brasilia.deboa.com/cultural/se-e-que-isso-e-amor)

Categoria: Fique de Olho
Tags: , ,
Comentar

MINHA CASA, MINHA DÍVIDA

O sonho da casa própria está ao alcance de todos, e a dívida também! Não há lugar como o nosso lar, se você estiver disposto a pagar. Assista a inédita comédia do G7 e deixe-se levar pelo mundo da especulação imobiliária assim como uma semente se deixa transformar em árvore. Em sua primeira temporada, de 20 de Abril à 21 de Julho.

 

 

Data: 20 de Abril à 21 de Julho.
Hora: Sábados às 19h e 21h30 e Domingos às 20h30.
Local: Teatro Marista, Brasília, 615 sul.

 

Sobre

A capacidade de se endividar é inata, a toda humanidade, quem por acaso encontraria dificuldades em gastar dinheiro? O que faz a vida divertida é conseguir pagar o que devemos e ainda assim passar momentos felizes. Acompanhe o lado cômico da tragédia que é a busca pela moradia, sob o viés artístico e ousado do G7, com bastante interatividade com o público, música e estéticas teatrais inventivas e premiadas! A plateia vai se divertir com a história de um casal que luta para adquirir o seu primeiro imóvel. A odisseia transita por lançamentos de complexos habitacionais que prometem a vida eterna, corretores de imóveis com crise de consciência, financiamentos , burocracia, planejamento, juros, empréstimos, flatulências e todas as dificuldades enfrentadas para se ter um lugar para chamar de seu. A difícil arte da convivência em uma kitinete serve como motivação para sair do aluguel, uma busca que só termina com a entrega das chaves. O aparente alívio observado de perto pela sombra de uma dívida inaudita.
Além dos obstáculos que o casal enfrenta, a trupe incorporou questões metafísicas e filosóficas inspiradas em Shakespeare e Joaquim Manual de Macedo, adicionando um tempero metalinguístico e clássico a comédia do cotidiano.

 

Ingressos

R$ 40 (inteira) R$ 20,00 (meia). Aceitamos 1kg de alimento, brinquedo ou livro para a meia entrada.
*Valores dos ingressos sujeitos à alterações sem aviso prévio.

 

Mais Informações

  • Telefone: Não informado.
  • Classificação: 14 anos

 

Fonte: DoBoa Brasília

Categoria: Cult
Tags: , , , , , ,
Comentar
Termo de Uso de Conteúdo –

Nós permitimos e incentivamos a reprodução do conteúdo deste blog, desde que as condições determinadas abaixo sejam respeitadas.
Qualquer utilização que não respeite este Termo será considerada violação de propriedade intelectual e estará sujeita à todas as sanções legais.
Você pode copiar, distribuir e exibir o conteúdo, sob as seguintes condições:


Atribuição

Você deve dar crédito ao autor original sempre que o conteúdo possuir autoria. Veja o exemplo abaixo.
Por: (inserir o nome do autor)


Origem


A fonte deve ser citada da seguinte forma: Fonte: UDF.Blog (com o  link http://blog.udf.edu.br/)


Utilização do conteúdo


É vedada a criação de obras derivadas do conteúdo do UDF.Blog.
Você não pode alterar, transformar ou criar outra obra com base nesta.
Você não pode utilizar o conteúdo para finalidades comerciais ou publicitárias.


Política de Privacidade


Todas as informações fornecidas por você serão utilizadas para sua identificação.
Seus dados não serão vendidos ou compartilhados com terceiros sem sua prévia autorização.
Caso tenha solicitado, usaremos seus dados para mantê-lo informado sobre serviços, novidades e benefícios. Você sempre terá a opção de cancelar o recebimento de tais mensagens.


Condições gerais para os comentários


Buscando manter um relacionamento mais próximo e oferecer a possibilidade de participação dos usuários em nossos conteúdos, comentários são permitidos e bem-vindos em nosso blog.
Eles estão sujeitos a aprovação e serão publicados sempre que de acordo com as seguintes condições:

Os conteúdos dos comentários publicados são de responsabilidade dos usuários, não tendo nenhuma interferência ou opinião do UDF Centro Universitário.