DENGUE: ELIMINE OS PRINCIPAIS FOCOS DA DOENÇA

Saiba o que fazer com vasos de plantas, calhas, piscinas e outros locais

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), dengue é a doença tropical que se espalha mais rapidamente pelo mundo, sendo que 50 milhões de pessoas hoje já estão infectadas em todos os continentes. Os principais sintomas da dengue são febre aguda que se caracteriza por um início repentino, permanecendo por cinco a sete dias. O paciente apresenta dor de cabeça intensa, dores nas articulações e dores musculares, seguidas de erupções cutâneas três a quatro dias depois. A seguir, veja como prevenir a reprodução do mosquito transmissor:

 

Evite o acúmulo de água em embalagens vazias como garrafas e latas


“O Aedes aegytpi coloca seus ovos em água limpa, mas não necessariamente potável”, explica o entomologista Rafael Freitas, do Laboratório de Transmissores de Hematozoários do Instituto Oswaldo Cruz. Por isso, jogue fora pneus velhos, vire garrafas com a boca para baixo e, caso seu quintal seja propenso à formação de poças, realize a drenagem do terreno. Ainda que você tenha guardado esses objetos limpos e secos, é importante deixá-los em lugares cobertos e nas condições descritas. “Deixar depósitos no seu quintal pode fazer com que, em dias de chuva, a água se acumule nesses locais e o mosquito comece a se criar.”

 

Plantas podem ser inimigas da sua saúde


Evite ter plantas aquáticas, que necessitam de uma quantidade de água muito grande para sobreviverem. Isso faz com que você precise manter um vaso ou aquário cheio de água parada e limpa – local perfeito para a proliferação do mosquito. Além disso, nas plantas normais, o uso de pratos nos vasos pode gerar acúmulo de água. Há três alternativas: eliminar esse prato, lavá-lo regularmente ou colocar areia. “A areia conserva a umidade e ao mesmo tempo evita que e o prato se torne um criadouro de mosquitos”, aponta o infectologista Ralcyon Teixeira do Instituto de Infectologia Emílio Ribas. Dessa forma, o uso da areia seria a melhor solução para você, que evitaria um foco da dengue, e para a plantinha, que continuaria recebendo os nutrientes necessários.

 

Desobstrua calhas e cubra a caixa d’água

 

Tais medidas não exigem uma reforma na sua casa, mas são capazes de evitar a dengue. “Pesquisas realizadas em campo mostram que os grandes reservatórios, como caixas d’água, são os criadouros mais produtivos de dengue”, afirma o entomologista Rafael. Por isso mantenha sempre suas caixas d’água cobertas com uma tampa adequada e sólida, evitando o uso de plásticos – uma vez que após a chuva eles também podem acumular água. “Fora os grandes focos, as larvas do mosquito podem ser encontradas em pequenas quantidades de água também”, completa. Para evitar até essas pequenas poças, calhas e canos devem ser checados todos os meses, pois um leve entupimento pode criar reservatórios ideais para o desenvolvimento do Aedes aegypti. As calhas são um perigo quase invisível, pois, quando entupidas, são um ótimo criadouro para o mosquito e que sequer podemos ver. Além disso, limpe também marquises e rebaixos de banheiros e cozinhas, para evitar o acúmulo de água.

 

Tenha consciência em relação ao lixo

 

Não despeje lixo em valas, valetas ou margens de córregos e riachos, mantendo-os desobstruídos. Isso permite a passagem de água durante as chuvas de forma adequada, evitando uma enchente ou acúmulos menos expressivos, que também pode se tornar focos do mosquito. “Em casa, deixe as latas de lixo sempre bem tampadas e tente separar o lixo nos dias em que o lixeiro passa, evitando deixá-lo na rua durante muitos dias”, aponta o infectologista Ralcyon.

 

 

 

Desinfete os ralos da sua casa

 

Ralos pequenos de cozinhas e banheiros raramente tornam-se foco de dengue devido ao constante uso de produtos químicos, como xampu, sabão e água sanitária. “Entretanto, alguns ralos são rasos e conservam água estagnada em seu interior”, alerta o entomologista Rafael. Na dúvida, jogue desinfetante nos ralos da sua casa e edificações externas a cada 15 dias pelo menos.

 

 

 

 

Cuidados com piscinas e aquários

 

Assim como as piscinas, a possibilidade de laguinhos caseiros e aquários se tornarem foco de dengue deixou muitas pessoas preocupadas. Mas fique tranquilo. De acordo com o infectologista Ralcyon, peixes são grandes predadores de formas aquáticas de mosquitos. “Pesquisas realizadas no Ceará mostraram que um único exemplar de peixe Betta splendes pode consumir cerca de 500 larvas de mosquito por dia”, conta. O cuidado maior deve ser dado, portanto, às piscinas que não são limpas com frequência.

Certifique-se de higienizar a piscina regularmente ou mantê-la coberta no tempo que você não usá-la. Isso evita que a água se torne um grande criadouro do Aedes aegypti.

 

 

Bebedouro dos animais

 

Qual a última vez que você lavou o pote de água do seu bichinho de estimação? Se você não lembra, melhor aumentar a frequência das limpezas. Isso porque o bebedouro nada mais é do que um pequeno foco de água parada, que pode servir de criadouro para o mosquito. O ideal é higienizar o potinho sempre que trocar a água do bicho, garantindo a higiene.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Categoria: Em pauta
Tags: , , , , , , , ,
Comentar

X-MEN: DIAS DE UM FUTURO ESQUECIDO

No futuro, os mutantes são caçados impiedosamente pelos Sentinelas, gigantescos robôs criados por Bolívar Trask. Os poucos sobreviventes precisam viver escondidos, caso contrário serão também mortos. Entre eles estão o professor Charles Xavier, Magneto, Tempestade, Kitty Pryde e Wolverine, que buscam um meio de evitar que os mutantes sejam aniquilados. O meio encontrado é enviar a consciência de Wolverine em uma viagem no tempo, rumo aos anos 1970. Lá ela ocupa o corpo do Wolverine da época, que procura os ainda jovens Xavier e Magneto para que, juntos, impeçam que este futuro trágico para os mutantes se torne realidade.

 

Elenco: James McAvoy; Michael Fassbender; Hugh Jackman; Jennifer Lawrence; Nicholas Hoult; Patrick Stewart; Ian McKellen; Ellen Page
Direção: Bryan Singer
Gênero: Ação
Duração: 135 min.
Distribuidora: Fox Films
Classificação: 12 Anos

 

Trailer:

 

 

Categoria: Literatura e Filmes
Tags: , , , , , , , , , , ,
Comentar

ELBA RAMALHO INTERPRETA SUCESSOS DA CARREIRA EM SHOW NO ARRAIAL SOLIDÁRIO

A cantora se apresenta no próximo sábado (30/5), no Net Live Brasília; confira outros destaques da agenda da semana

FESTA DO BEM


Acontece sábado, às 20h, no Net Live Brasília (SHTN, Tc. 2, Cj. 5), mais uma edição do projeto Arraial Solidário. A atração deste ano é a cantora paraibana Elba Ramalho, que interpreta sucessos de 30 anos de carreira, como De volta para o aconchego, Banho de cheiro e Ai que saudade de ocê. Ingressos: R$ 130; R$ 70 (crianças entre 6 e 10 anos) e entrada franca para crianças com até 5 anos. O valor inclui bebidas e comidas típicas e serviço de manobrista. A renda ajudará instituições que cuidam de crianças e idosos carentes do Distrito Federal. Informações: 3214-1426. Classificação indicativa livre.

 

GALENO EM BRASÍLIA

 

O Museu Nacional dos Correios (SCS, Q. 4, Bl. A, Ed. Apolo) recebe, a partir de quinta, às 18h, a exposição Galeno: uma nova direção. A mostra inédita exibe pinturas e objetos que fazem referências à terra natal do artista Francisco Galeno, Parnaíba (PI). No dia da abertura, o curador da exposição, Ralph Gehre, realizará um passeio comentado pelo museu. Visitação até 27 de julho, de terça a sexta, das 10h às 19h; sábado, domingo e feriados, das 12h às 18h. Entrada franca. Informações: 3213-5076. Classificação indicativa livre.

 

NOITE DE SAMBA

 

Sábado, às 20h, tem samba em dose dupla no Minas Brasília Tênis Clube (SCEN, Tc. 3, Lt. 3; 2108-7252). Jorge Aragão e Luciano Ibiapina se juntam no projeto Dueto do samba para relembrar os sucessos do gênero. Jorge Aragão canta Papel de pão, Identidade e Coisa de pele. Já Ibiapina, apresenta as canções do álbum Minha vez. A noite ainda conta com shows de artistas da cidade. Ingressos: R$ 60 (camarote) e R$ 40 (pista); Valores de meia-entrada e de 1º lote. Pontos de venda: Zimbrus (305 Sul, Pier 21 e Taguatinga), Pátio Brasil Shopping e no site bilheteriadigital.com.br. Informações: 2194-7586. Não recomendado para menores de 18 anos.
DIRETO DO RIO DE JANEIRO

 

Sucesso no Rio de Janeiro, o Baile do Almeidinha com Hamilton de Holanda & Orquestra está de volta a Brasília. Sexta, às 20h, no Arena Futebol Clube (SCES, Tc. 3), a big band toca hits de Chico Buarque, Arlindo Cruz, Jorge Ben Jor, Sombrinha, Pixinguinha e Tom Jobim. O show tem a participação de Ellen Oléria e Pedro Martins. A noite segue ao som dos DJs Cacai Nunes e Nagô. Ingressos a R$ 60 e R$ 30 (meia também para doadores de 1 livro em bom estado de conservação, exceto apostilas de concurso e livros de graduação). Informações: 8121-7041. Não recomendado para menores de 18 anos.

 

EM CLIMA DE FESTA


Brasília já está em clima de festa junina. Sexta, às 22h, o Arraiá Universitário 2014 anima os brasilienses com shows das bandas Balalaica e Filhos de Lampião, entre outras, no Orla Club (ao lado do Pier 21). Ingressos: R$ 60 e R$ 30 (meia). Valores de 1º lote e sujeitos a alteração. Informações: 3447-8899. Não recomendado para menores de 18 anos. No sábado, a pedida é a Santa Junina com Zezé di Camargo & Luciano, Péricles, Zé Ricardo & Thiago e Rastapé. Às 20h, na Ascade (SCES, Tc. 2). Ingressos: R$ 80 (homem) e R$ 60 (mulher), camarote; R$ 60 (homem) e R$ 40 (mulher), frente palco. Valores de meia-entrada, 1º lote e sujeitos a alteração. Informações: 3263-4668. Não recomendado para menores de 16 anos.

 


AS DESVENTURAS DE UM

 

Dirigida por Eri Johnson, a comédia Casar pra quê? chega ao Teatro dos Bancários (314/315 Sul) neste fim de semana. No palco, Kel Braga e Alessandro Anes abordam, com humor, as diferenças cotidianas de um casamento. A peça está há 8 anos em cartaz, já passou por todo Brasil e contabiliza mais de 1 milhão de espectadores. Sessões sábado, às 21h, e domingo, às 20h. Ingressos: R$ 70 e R$ 35 (meia também para doadores de 1kg de alimento não perecível). Informações: 3262-9090 e 3262-9021. Não recomendado para menores de 14 anos.

 

Fonte: Divirta-se Mais

 

 

Categoria: Fique de Olho
Tags: , , , , , , , , , , , ,
Comentar

DF É AUTOSSUFICIENTE EM LEITE HUMANO E REFERÊNCIA NO MUNDO

Ministério da Saúde concede a Brasília o título de Capital Brasileira dos Bancos de Leite Humano

O Distrito Federal é a única cidade do mundo autossuficiente na captação e fornecimento de leite humano. Essa conquista foi reconhecida pelo Ministério da Saúde, ontem, quando o governador Agnelo Queiroz recebeu, no Rio de Janeiro, uma placa com o título de Capital Brasileira dos Bancos de Leite Humano.

 

“Brasília é a primeira cidade do Brasil e do mundo autossuficiente em relação ao leite humano justamente por uma política arrojada e por uma consciência das mães em doar. Doar leite humano é salvar vidas, e esse titulo é, de fato, um grande orgulho, porque tem significado de solidariedade”, enfatizou o governador durante solenidade no Instituto Nacional Fernandes Figueira/Fiocruz.

 

Estratégias


Com o recebimento do título, o governador apresentou ao ministro da Saúde, Arthur Chioro, e demais autoridades da área de aleitamento materno do estado do Rio de Janeiro, as estratégias adotadas pelo GDF para obter resultados positivos nessa política pública.

 

Entre os pontos levantados pelo chefe do Executivo do DF está a recuperação das estruturas físicas dos bancos de leite, a integração de áreas em prol desse serviço, como a atuação do Corpo de Bombeiros ao buscar as doações, e, sobretudo, a conscientização das doadoras “que têm um papel de fundamental importância”.

 

No evento, que foi transmitido pela internet para todo o Brasil e exterior, o Distrito Federal foi elogiado: “Brasília não é só a capital brasileira dos bancos de leite. É a capital do mundo e deve servir de exemplo”, destacou o ministro da Saúde.

 

Os números da capital  são expressivos. Ao todo, o DF conta com 15 bancos de leite e três postos de coleta, estrutura que, em 2013, foi responsável por coletar 17,4 mil litros de leite humano e alimentar 11 mil bebês.

 

Fruto de 30 anos de trabalho


De acordo com o secretário de Saúde, Elias Miziara, os bancos de leite da capital foram criados há mais de 30 anos e, nesse período, foram se consolidando. Para ele, o recebimento desse título demonstra que a cidade está no rumo certo.

 

“É importante destacar que esse título mostra o quanto a população de Brasília demonstra confiar no seu sistema público de saúde, quando ela participa ativamente como doadora de leite. Essa ação salva vidas, e por isso Brasília está de parabéns”, concluiu.

 

Campanha


A solenidade em que o DF foi homenageado serviu também para o lançamento da Campanha Nacional de Doação de Leite Materno de 2014. A iniciativa, capitaneada pelo Ministério da Saúde, tem o slogan “Quando você doa leite materno, doa vida para o bebê e força para a mãe”.

 

O objetivo é aumentar em pelo menos 15% o volume de coleta em todo o País, uma vez que os estoques de vários estados estão em níveis baixos.

 

“Estamos preparando o brasiliense do futuro. Já temos o selo de livres do analfabetismo; estamos implementando as creches e somos reconhecidos como autossuficiente na captação e fornecimento de leite humano. Como isso, somos referência não só no aspecto da cidade planejada, mas também da capital humanizada”, acrescentou o governador Agnelo ao JBr.

 

Fonte: Jornal de Brasília

 

 

Categoria: Acontece
Tags: , , , , , ,
Comentar

EDUARDO RANGEL SE APRESENTA NO FEITIÇO MINEIRO COM O PROJETO LABORATÓRIO/SHOW

A décima edição do evento contará com a participação de Evandro Barcellos (cavaquinho), Lucas de Campos (violão) e Amanda Costa (percussão)

O samba está em destaque na 10ª edição do projeto Laboratório/Show, segunda-feira (26/5), às 20h30, no Feitiço Mineiro (306 Norte). O cantor Eduardo Rangel, acompanhado por Evandro Barcellos (cavaquinho), Lucas de Campos (violão) e Amanda Costa (percussão), vai mostrar a malemolência do samba de breque e o lirismo do samba-canção, interpretando criações de Moreira da Silva, Nei Lopes, Manoel Brigadeiro e Cacá Pereira. Rangel recebe como convidados o compositor Marcelo Bopp, autor da trilha sonora do espetáculo teatral Os sonhadores (em cartaz no Shopping Iguatemi); e a atriz Genice Barego, que encenará texto da poeta portuguesa Florbela Espanca. O couvert artístico é de R$ 10. Informações: 3272-3032. (Irlam Rocha Lima).

 

Fonte: Divirta-se Mais

 

Categoria: Cult
Tags: , , , , , , , , , ,
Comentar

EXERCITAR MAIS UM GRUPO MUSCULAR DO QUE OUTRO PODE CAUSAR LESÕES

Focar apenas nas pernas ou nos braços levará a problemas para o organismo com o passar do tempo

Algumas pessoas exercitam mais os braços e não dão tanta atenção para as pernas. Já outras fazem exatamente o contrário. Isso acontece geralmente por conta de alguns desejos estéticos que diferenciam homens e mulheres.

 

As mulheres normalmente querem mais coxas e bumbum enquanto os homens mais braços, peito e costas, enfim, membros superiores. A preocupação que essa situação vai com certeza gerar um desequilíbrio que poderá trazer alguns danos no futuro.

 

Isso ocorre porque nas nossas atividades cotidianas, como trabalhar, estudar, dirigir, caminhar, praticar algum esporte, ir ao banheiro, etc. Existe a solicitação do corpo como um todo, pois todos os músculos tem suas funções e por isso precisam ser desenvolvidos. Então, para imaginar os prejuízos basta apenas pensar que em algum momento o músculo que você precisa para realizar tal atividade pode não estar preparado para atender suas necessidades e isso poderá gerar um tombo, uma lesão, um desequilíbrio, uma dor e por ai vai.

 

Normalmente os adolescentes e jovens adultos não se preocupam muito com isso, mas quando passarem dos 40 anos e se aproximarem da terceira idade esse desequilíbrio certamente vai trazer algum dos problemas acima citados.

 

Os métodos de treinamento de força (musculação) mais tradicionais preconizam uma divisão dos grupos musculares de forma que em algum dia vai ficar justamente só o grupo que o indivíduo deseja menos trabalhar. Por exemplo: um dia só de pernas para homens e um dia só de braço para as mulheres e o que acontece é que isso gera um fator desmotivacional para muitos que acabam boicotando esse dia de treino.

 

Devo reforçar que isso não quer dizer que o método é errado e nem que esse tipo de trabalho desmotiva todo mundo, mas sabemos que uma boa parcela não consegue ter a mesma eficiência que nos outros dias treino.

 

Minha sugestão pessoal que aplico com meus alunos é fazer uma divisão no treino que possa trabalhar músculos dos membros inferiores e superiores em uma única sessão de treino, e claro, que por razões estéticas a região que mais deseja ter resultados pode ser enfatizada.

 

Devo lembrar também que todos os princípios do treinamento devem ser minuciosamente seguidos principalmente o da supercompensação que é o que respeita o tempo de recuperação do grupo muscular que foi trabalhado antes de fornecer a ele um novo estímulo.

 

O tempo médio de recuperação varia de acordo com a densidade do treino que inclui carga de treino, tempo de recuperação, volume de repetições e quantidade de séries, mas a literatura recomenda um período médio de 48 horas.

 

Devemos lembrar também que para mexer nessa estrutura de treino a frequência semanal do praticante deve ser considerada, pois a divisão é diferente de uma pessoa que tem uma frequência de duas, três, quatro, cinco, seis ou sete vezes por semana. Se esses fatores não forem considerados e por acaso o princípio da supercompensação não for respeitado seu resultado pode ser comprometido. Esse problema é bem comum com alunos novos nas academias, que chegam falando que vão ir cinco vezes por semana, mas na verdade acabam indo duas ou três vezes por semana.

 

Sugestão de divisão treino para quem treina cinco vezes na semana intercalando membros superiores e inferiores.

 

Segunda-feira -  Treino A: tríceps, peito, ombro, adutores e abdutores, abdômen.

Terça-feira – Treino B: bíceps, costas, quadríceps, isquiotibiais, panturrilha e lombar

Quarta-feira – Treino C: foco na região do core (abdômen, oblíquos e lombar), treino cardiorrespiratório e alongamento.

Quinta-feira – Treino A: tríceps, peito, ombro, adutores, abdutores e abdômen.

Sexta-feira – Treino B: bíceps, costas, quadríceps, isquiotibiais, panturrilha e lombar.

 

Observação: o treino da quinta-feira e da sexta-feira tem que de alguma forma ser um pouco mais intenso seja em volume ou intensidade porque o tempo de recuperação será maior do que o treino de segunda-feira e terça-feira.

 

Fonte: Minha Vida

 

Categoria: Em pauta
Tags: , , , , , , ,
Comentar

PROJETO UNIVERSIDADE CIDADÃ

Com o objetivo de mudar o comportamento da sociedade através da consciência cidadã, alunos e professores do curso de Ciências Contábeis participarão, nesta quarta-feira (28), de um debate sobre as questões da Educação Fiscal. O evento, voltado ao público universitário, pretende esclarecer o jovem sobre a importância de participar, como cidadão-estudante ou já no exercício da profissão, da obtenção e da gestão dos recursos públicos.

 

De acordo com o Coordenador do curso, professor Eurípedes Júnior, é necessária uma ação educativa permanente voltada para o desenvolvimento de hábitos, atitudes e valores dos cidadãos. “A proposta é aprimorar a consciência social do cidadão”, complementa. Poderão participar acadêmicos dos cursos de Ciências Contábeis, Administração, Gestão Pública e Direito também poderão participar.

 

O evento será realizado no Auditório do Ed. Sede a partir das 19h30. Para participar, baste se inscrever na Área do Aluno.

 

Categoria: UDF pra você
Tags: , , , , , ,
Comentar

CANDIDATOS PODEM CONFERIR LOCAIS DE PROVA DA 2Š FASE DO 13š EXAME DE ORDEM

Provas serão aplicadas no próximo domingo (1º)

O Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) divulgou o edital com os locais de aplicação da prova prático-profissional do 13º Exame de Ordem. A prova será no próximo domingo (1º/6) e participarão os candidatos aprovados na primeira fase (prova objetiva) e aqueles que se inscreveram para o reaproveitamento. A prova terá duração de cinco horas, com início às 13h, no horário oficial de Brasília.

 

 

 

 

Confira a lista completa de locais de prova

 

Faça a consulta individual

 
Também está disponível para consulta individual na página de acompanhamento da Fundação Getulio Vargas (FGV) o Cartão de Informação do examinando, onde é possível visualizar informações como o estabelecimento, a sala e o endereço a que deverá se dirigir na data da prova.

 

Nessa etapa, os candidatos terão que redigir uma peça profissional valendo cinco pontos e responder a quatro questões (valendo 1,25 pontos cada) sob a forma de situações-problema, nas seguintes áreas de opção do examinando: direito administrativo, direito civil, direito constitucional, direito empresarial, direito penal, direito do trabalho ou direito tributário e seu correspondente direito processual.

 

Fonte: Correio Braziliense

Categoria: Acontece
Tags: , , , , , , , ,
Comentar
Termo de Uso de Conteúdo –

Nós permitimos e incentivamos a reprodução do conteúdo deste blog, desde que as condições determinadas abaixo sejam respeitadas.
Qualquer utilização que não respeite este Termo será considerada violação de propriedade intelectual e estará sujeita à todas as sanções legais.
Você pode copiar, distribuir e exibir o conteúdo, sob as seguintes condições:


Atribuição

Você deve dar crédito ao autor original sempre que o conteúdo possuir autoria. Veja o exemplo abaixo.
Por: (inserir o nome do autor)


Origem


A fonte deve ser citada da seguinte forma: Fonte: UDF.Blog (com o  link http://blog.udf.edu.br/)


Utilização do conteúdo


É vedada a criação de obras derivadas do conteúdo do UDF.Blog.
Você não pode alterar, transformar ou criar outra obra com base nesta.
Você não pode utilizar o conteúdo para finalidades comerciais ou publicitárias.


Política de Privacidade


Todas as informações fornecidas por você serão utilizadas para sua identificação.
Seus dados não serão vendidos ou compartilhados com terceiros sem sua prévia autorização.
Caso tenha solicitado, usaremos seus dados para mantê-lo informado sobre serviços, novidades e benefícios. Você sempre terá a opção de cancelar o recebimento de tais mensagens.


Condições gerais para os comentários


Buscando manter um relacionamento mais próximo e oferecer a possibilidade de participação dos usuários em nossos conteúdos, comentários são permitidos e bem-vindos em nosso blog.
Eles estão sujeitos a aprovação e serão publicados sempre que de acordo com as seguintes condições:

Os conteúdos dos comentários publicados são de responsabilidade dos usuários, não tendo nenhuma interferência ou opinião do UDF Centro Universitário.